Honda de Sumaré antecipa férias coletivas

Possível falta de peças vindas do Japão motivou a mudança.

Por Automotive Business
  • 26/04/2011 - 13:17
  • | Atualizado há 2 months
  • um minuto de leitura

    <style type="text/css"> .texto { font-family: Verdana, Geneva, sans-serif; font-size: 10px; color: #666; } .texto { text-align: left; } </style>

    NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
    EmailRSSTwitterWebTVRevistaMobileRede Social


    Redação AB

    A fábrica da Honda em Sumaré (SP) terá uma parada estratégica entre 23 de maio e 3 de junho. O recesso normalmente ocorre em julho, mas a montadora teve antecipá-lo pela possibilidade de falta de peças provenientes do Japão, país afetado em 11 de março por terremoto seguido de tsunami.

    Segundo o fabricante, os itens mais críticos são os componentes eletrônicos e os carros mais afetados, Fit e City, aqueles que têm maior volume de produção e vendas. A Honda ressalta que a fabricação de motos permanece normal, já que as linhas de montagem de Manaus utilizam poucos componentes importados.