Implementos crescem 41,5% no trimestre, embalados pela venda de caminhões

Setor superou dificuldades no abastecimento de componentes e emplacou 35,9 mil unidades no período

Por MÁRIO CURCIO, PARA AB
  • 06/04/2021 - 17:52
  • | Atualizado há 2 months
  • um minuto de leitura

    Como consequência dos bons resultados no setor de caminhões (leia aqui), a venda de implementos rodoviários em março somou 13,5 mil unidades, anotando alta de 22,1% sobre fevereiro. Na comparação com março de 2020 o crescimento foi de 40%.

    No acumulado do ano foram licenciados 35,9 mil implementos, 41,5% a mais que no primeiro trimestre de 2020. Os números foram divulgados na terça-feira, 6, pela Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir). Apesar de a falta de componentes também afetar a produção de implementos, a agilidade dos fabricantes em buscar alternativas teria permitido que as entregas ocorressem com regularidade no começo do ano.

    “Operamos com carteira de longo prazo e estamos realizando as entregas das vendas acertadas anteriormente”, afirma o presidente da Anfir, Norberto Fabris.



    A maior alta ocorreu na divisão de reboques e semirreboques. Foram 21,3 mil unidades, 61,7% a mais que em iguais meses do ano passado. O maior volume licenciado nesse segmento foi o de basculantes, com 5,8 mil unidades e acréscimo de quase 110%.

    Os reboques graneleiros somaram 4,2 mil unidades no primeiro trimestre e alcançaram 50% de crescimento. Outros modelos com participação importante foram os baús de carga geral (2,5 mil, alta de 94,9%) e os baús lonados, em regra usados para o transporte de bebidas. Estes somaram 1,6 mil unidades e tiveram crescimento trimestral de 26,2%.

    Na divisão de carroceria sobre chassi, os baús de alumínio/frigorífico foram os mais emplacados, 6,5 mil unidades, acréscimo de 18,2%. A maior alta porcentual nos implementos sobre chassi ocorreu na entrega de betoneiras (129,3%), mas o volume foi pequeno no trimestre, menos de 350 unidades. A Anfir também comemora crescimento de mais de 120% nas exportações do trimestre, mas o volume foi baixo, 661 unidades.



    - Faça aqui o download dos dados da Anfir
    - Veja outras estatísticas em AB Inteligência