Jaguar Land Rover anuncia plano para zerar emissões em sua cadeia até 2039

Thierry Bolloré, CEO da Jaguar Land Rover, durante a apresentação virtual do plano Reimagine

Por REDAÇÃO AB
  • 17/02/2021 - 17:22
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura

    O grupo Jaguar Land Rover divulgou seus planos para zerar as emissões em toda a sua cadeia produtiva até 2039. A estratégia, batizada de Reimagine, tem o objetivo de eliminar a pegada de carbono de todo o ciclo de produção, incluindo produtos, fornecedores e operações. Para isso, está prevista a eletrificação de todos os veículos das duas marcas, com a adoção inclusive de células de combustível a hidrogênio. Será o fim dos motores a diesel na linha Land Rover e conversão total dos Jaguar para a eletricidade.





    "Estamos aproveitando esses ingredientes hoje para reimaginar nosso negócio, as duas marcas e a experiência do cliente do futuro; a estratégia Reimagine nos permite aprimorar e celebrar essa singularidade como nunca antes. Juntos, podemos criar um impacto ainda mais sustentável e positivo sobre o mundo ao nosso redor”, declarou Thierry Bolloré, CEO da Jaguar Land Rover.

    De acordo com o plano, a Jaguar será trabalhada para se tornar uma marca de veículos 100% elétricos de luxo, com forte apelo em design e tecnologias pioneiras. O tradicional modelo XJ – um ícone da marca – pode ter seu nome preservado em algum modelo futuro (talvez como versão), mas não será mais produzido, ao menos como é conhecido hoje. Já a Land Rover vai ganhar seis modelos totalmente elétricos nos próximos cinco anos, com o objetivo de manter-se como líder em SUVs de luxo com suas três linhas – Range Rover, Discovery e Defender. O primeiro veículo dessa nova gama deve chegar ao mercado em 2024.

    INVESTIMENTO EM PRODUTOS E SERVIÇOS



    Segundo a estratégia, até 2030 a Jaguar deve ter seu portfólio formado por modelos totalmente elétricos, enquanto 60% dos veículos Land Rover serão dotados de sistemas de propulsão com emissão zero. A empresa também aposta na célula de combustível a hidrogênio, e a previsão é de que os primeiros protótipos com esse sistema estejam rodando ainda nos próximos 12 meses.

    Os compromissos financeiros anuais de aproximadamente 2,5 bilhões de libras vão incluir investimentos em novas tecnologias de eletrificação e também de serviços conectados, já que a Jaguar Land Rover aposta também na oferta desse tipo de comodidade para melhorar a experiência dos consumidores. Por fim, o grupo comunicou que o serviço de assinatura Pivotal (que teve crescimento de 750% durante o ano fiscal, segundo a empresa), será implementado em outros mercados, além do Reino Unido.