Jeep divulga imagens do interior do novo Commander

Veja o vídeo que mostra detalhes de acabamento e ainda esconde um segredo em código morse; SUV de 7 lugares chega neste ano

Por REDAÇÃO AB
  • 06/07/2021 - 13:58
  • | Atualizado há 2 months
  • um minuto de leitura

    Depois de lançar um vídeo em que informava o nome do seu novo SUV de 7 lugares em forma código morse, a Jeep resolveu repetir a brincadeira no teaser divulgado nesta terça-feira, 6, que revela desta vez como será o interior do Commander.

    Com apenas 40 segundos de duração, o vídeo mostra detalhes que permitem conhecer rapidamente o volante, instrumentos, painel, console central, alavanca de câmbio e todos os bancos, inclusive a terceira fileira que fica alojada no porta-malas.

    Publicidade



    Um olhar mais atento vai identificar que o Commander traz uma boa dose de sofisticação e copia o interior do Compass. Entre os equipamentos, o Commander terá a opção de teto solar panorâmico, um quadro de instrumentos digital de grande porte e uma central multimídia com tela flutuante.

    No nível de acabamento, é possível perceber que o painel tem duas cores, os bancos de couro combinam duas padronagens de revestimento nos assentos e há aplicação de suede (camurça) na parte do painel à frente do passageiro.

    Pouca coisa já foi revelada oficialmente sobre o Commander, que será lançado neste ano, provavelmente por volta de novembro. Sabe-se que no visual ele vai se inspirar no design do Grand Commander, um SUV de 7 lugares que é vendido no mercado chinês, mas que mecanicamente não tem nada a ver com o modelo que será fabricado em Goiana (PE).

    Quanto à motorização, haverá duas opções. A primeira será a mesma do Compass, ou seja, o novo 1.3 flex turbo capaz de gerar 180 cavalos (com gasolina) e 185 cavalos (com etanol), conectado ao câmbio automático de seis marchas, com tração dianteira. Seu preço deve ficar na faixa entre R$ 180 mil e R$ 220 mil.


    O Grand Commander chinês vai inspirar o design do SUV brasileiro

    A versão topo de linha terá uma versão atualizada do motor 2.0 MultiJet turbodiesel, com algo em torno de 200 cavalos, acoplado ao câmbio automático. Esse motor estará disponível somente com tração integral sob demanda. O preço deve ficar entre R$ 220 mil e R$ 250 mil.

    Além das imagens do interior do Commander, o vídeo contém um segredo para quem souber fazer a leitura de código morse. Segundo a Jeep, há uma “mensagem escondida como um easter egg sob as batidas do som: Jeep 1941”. No vídeo, é possível ver a inscrição “Jeep 1941” (ano de lançamento do Willys) estampada no couro do apoio de braço no console central.

    Confira abaixo o vídeo do interior do novo Commander.