John Deere aposta no Gator, o tratorzinho de mil utilidades

Para curtir ou trabalhar, ele só não vai à cidade

Por Automotive Business
  • 02/08/2011 - 14:44
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 2 minutos de leitura

    <style type="text/css"> .texto { font-family: Verdana, Geneva, sans-serif; font-size: 10px; color: #666; } .texto { text-align: left; } </style>

    NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
    EmailRSSTwitterWebTVRevistaMobileRede Social


    Foto: Filipe Rad, da John Deere.

    Paulo Ricardo Braga, AB

    Cowboys e agricultores modernos, que já trocaram cavalos por motocicletas e quadriciclos em tarefas de rotina no campo, agora podem comprar o Gator, da John Deere, um misto de aventureiro e utilitário. Em 2010, trezentas unidades foram importadas para atender uma demanda crescente de veículos do gênero no mercado agrícola, substituindo picapes e tratores com carreta.

    O veículo com tração integral é valente e, embora a ficha técnica especifique capacidade de vencer rampas de 25 graus de inclinação, pilotos atrevidos podem ir muito além para vencer obstáculos em áreas agrícolas e florestais, condomínios, construção, indústrias, campos de golfo e até em aplicações militares.

    O Gator não pode ser licenciado e, portanto, não tem acesso a estradas e áreas urbanas. "O utilitário é muito versátil em qualquer terreno, oferece boa capacidade e consome menos de 1,8 litro de diesel por hora", afirma Felipe Rad, especialista de produto e mercado para utilitários da John Deere Brasil.

    Lançado na Agrishow e recentemente atualizado nos Estados Unidos, onde foram produzidas mais de 500 mil unidades desde 1987, o Gator chega ao Brasil nos modelos TH 6x4 e XUV 855 D 4x4. O veículos é aberto, com área de carga, lugar para piloto e passageiro, protegidos por santo-antônio.

    O TH 6x4 tem 2,74 m de comprimento, 1,52 m de largura e leva 544 kg na caixa de carga. Com motor Yanmar diesel de 854 cc, de três cilindros e 20,8 cavalos, transmissão CVT (contínua), a velocidade máxima é de 32 km/h. Já o XUV 855D 4x4, mais compacto, tem motor Yanmar de 24,6 cv e velocidade máxima de 51,5 km/h e 454 kg de capacidade de carga.

    A Elektros adquiriu três Gators para teste em serviços manutenção nas linhas de distribuição de energia, em trechos de difícil acesso, onde não passam utilitários comuns para levar pessoas e carga. Em instalações da própria John Deere o veículo é usado para transporte de materiais. No Oeste do Paraná, a proprietária do sítio São Marcos, Rosa Maria, utiliza o Gator para transportar insumos e ferramentas e chegar à lavoura, tarefa nem sempre adequada para os tratores.

    A John Deere não divulga o preço dos veículos, recomendando uma consulta aos pontos de venda. O portfólio, que nos Estados Unidos se estende a 17 modelos, passa a incluir aqui também um Gator para manutenção de gramados, como em campos de golfe, e o modelo DE 170 para uso residencial, com motor Briggs & Stratton de 22 cv e dois cilindros, a gasolina.