Kia: vendas globais crescem 3,1% no 1º quadrimestre

Kia Rio continua como o modelo mais vendido da marca em todo o mundo

Por REDAÇÃO AB
  • 09/05/2013 - 17:18
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura

    Nos quatro primeiros meses do ano a Kia registrou aumento de 3,1% das suas vendas pelo mundo quando comparado com resultado de iguais meses de 2012, com a entrega de 832.708 unidades. Em abril, a montadora sul-coreana que pertence ao Grupo Hyundai contabilizou a venda de 239.347 veículos entre automóveis e utilitários leves, volume 4,2% maior do que o apurado em abril de 2012, informa comunicado divulgado na quinta-feira, 9.

    Apesar da queda nas vendas de abril em 0,8% nos Estados Unidos, o país foi o maior mercado para a Kia no mês passado, com a entrega de 55,1 mil unidades, seguido pela Europa, que consumiu 53 mil modelos Kia, 7,1% a mais do que em abril do ano passado. Logo atrás vem a China, que comprou 48,4 mil veículos, alta de 19,6% - o maior índice de crescimento entre todas os demais mercados de atuação da marca.

    Em seu país de origem a Kia registrou avanço tímido, de 1,4%, para 40,5 mil veículos vendidos em abril. Enquanto isso, no grupo que a empresa elenca como mercados gerais (regiões da América Central e do Sul, Caribe, Ásia exceto China e Coreia do Sul), Pacífico, Oriente Médio e África), as vendas do mês somaram 42,1 mil unidades, queda de 4,3% na comparação anual.

    O modelo mais vendido da Kia em abril foi mais uma vez o Rio, com 41.620 unidades entregues no mundo. O Cerato foi o segundo modelo mais vendido, com 32.852 unidades, enquanto Sportage, Optima e Sorento somaram, respectivamente, 32,8 mil, 24,2 mil e 16,9 mil unidades vendidas.

    KIA NO BRASIL

    No mercado brasileiro, devido à cota de importação do regime automotivo Inovar-Auto sem a incidência dos 30 pontos porcentuais adicionais no IPI para veículos importados, a Kia recuperou fôlego e viu suas vendas crescerem 28,2% no período acumulado janeiro-abril, para 9,9 mil unidades.

    Em abril foram pouco mais de 3 mil unidades vendidas, alta de 37,8% sobre igual mês do ano passado. O cenário de cotas e o resultado da marca, líder do mercado de importados no Brasil com 28,2% deste mercado no acumulado do ano, contribuiu com o resultado positivo do setor de importação (leia aqui).