Kostal fechará unidades de São Bernardo do Campo e Manaus

Em comunicado, a empresa informa que concentrará operações em Cravinhos, no interior paulista

Por MÁRIO CURCIO, AB
  • 10/06/2020 - 11:43
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 58 segundos de leitura


    Reportagem atualizada às 15h40

    A indústria de autopeças Kostal fechará suas fábricas em São Bernardo do Campo (SP) e Manaus (AM). A empresa informou a decisão nas redes sociais. No texto, a empresa informa que “após decisão estratégica, manterá suas operações no Brasil ‘através’ de suas plantas de Cravinhos (SP). A Kostal produz no País componentes eletromecânicos e eletrônicos para automóveis e motocicletas.

    No último fim de semana, a Kostal comunicou o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC sobre a decisão do encerramento das atividades em São Bernardo, onde emprega 300 colaboradores, 160 deles na produção. Em rodadas de negociação com o sindicato local na segunda-feira, 9, a empresa manteve a posição da matriz de fechar a unidade.

    “Cobramos da empresa alternativas para a manutenção da planta. Também estamos buscando negociação com a matriz e já pautamos os poderes públicos, a prefeitura, o Consórcio Intermunicipal Grande ABC e o governo do Estado”, afirma o secretário geral do Sindicato, Aroaldo da Silva.



    Automotive Business procurou a empresa, mas não obteve mais detalhes a respeito até o fechamento desta reportagem. Em Cravinhos a Kostal tem duas fábricas. A unidade de Manaus atende o setor de duas rodas e teria a Honda como maior cliente.