Lear anuncia novas lideranças femininas para operação no país

Profissionais assumem postos em plantas do ABC e Minas Gerais; reestruturação é parte de estratégia de diversidade

Por REDAÇÃO AB
  • 19/03/2021 - 15:41
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura


    A Lear anuncia, nesta sexta-feira, 19, três mulheres para cargos de liderança na área de operações e manufatura das plantas de Minas Gerais e do ABC Paulista. A reestruturação é parte da estratégia da empresa para ampliar a equidade de gênero – movimento que tem se consolidado nos últimos anos.

    Quebrando barreiras, Marcela Peixoto é a primeira mulher a ocupar o cargo de gerente de operações em uma das plantas da Lear em Minas Gerais. A profissional tem mais de dez anos de carreira na empresa, período no qual atuou em diversas áreas como analista de processos, supervisora de operações e gerente de produção.

    Outras duas mulheres também passam a integrar o quadro de liderança da empresa: Eliane Cabañas assume como plant manager e Christiane Lobato gerente de operações, juntas, atuarão em uma das plantas situada no ABC paulista, importante polo da indústria automotiva no país.

    O movimento da empresa é importante para fomentar a representatividade feminina no alto escalão. Atualmente, elas ocupam apenas 6% dos cargos de liderança no setor, de acordo com a pesquisa Liderança no Setor Automotivo, feita por Automotive Business com a coordenação técnica da MHD Consultoria.

    A reestruturação organizacional faz parte da estratégia da Learpara promover a diversidade e a inclusão internamente. A empresa conta hoje com 46% de mulheres em suas plantas e tem dado passos no sentido da equidade de gênero. Um dos momentos importantes foi em 2019, quando, incentivada pela rede AB Diversidade, a Lear aderiu aos Princípios de Empoderamento das Mulheres – os WEPs, Women's Empowerment Principles, da ONU Mulheres.