Maioria dos carros novos já traz som original de fábrica

Projetos de som atuais são integrados ao estilo do carro, como no New Fiesta

Por REDAÇÃO AB
  • 10/05/2013 - 18:55
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 57 segundos de leitura
    Um levantamento feito pela Carcon Automotive indica que 55% dos automóveis vendidos no Brasil em 2013 saíram de fábrica com som automotivo. Em 2010 esse índice era de 44% e até o fim dos anos 1990, inferior a 15%.

    “As montadoras estão trazendo essa tendência, que já é normal em outros países (incluindo nossa vizinha Argentina), onde o índice sempre foi próximo de 100%”, afirma o consultor Jomar Napoleão Silva.

    “Atualmente, como o projeto do sistema de som é integrado ao estilo interior do veículo, essa cultura está mudando”, diz o especialista, ressaltando que uma melhora importante no conteúdo dos sistemas e na qualidade acompanha essa tendência. Segundo a Carcon, dos equipamentos instalados, 35% são importados em virtude de estratégias globais das montadoras. “Com o impacto do Inovar-Auto esta fatia pode cair”, acredita.

    Silva ressalta que a conectividade é hoje uma função imprescindível e todos os lançamentos contam com sistemas com função Bluetooth de série. “O produto típico oferecido pela maioria das montadoras é uma unidade com funções integradas de AM, FM, CD, MP3, entrada auxiliar, controle de USB, iPod e Bluetooth.”

    O especialista diz também que muitas montadoras oferecem telas de cristal líquido (LCD) com funções adicionais de navegação, mesmo em modelos médios. Nos últimos três anos isso ficou mais evidente.

    Segundo os estudos da Carcon, essa tendência deve continuar e a opção por sistemas originais crescerá. O aumento da utilização de telas de LCD e o declínio da função CD também são apontados pela consultoria.