Mangels completa 92 anos com história de pioneirismo e grandes desafios

Companhia mostra resiliência para atravessar a crise e figura entre os melhores fornecedores nas premiações das fabricantes de veículos

Por NATÁLIA SCARABOTTO, PARA MÍDIA LAB AB
  • 02/10/2020 - 12:00
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura
    Tradição e superação são as palavras que marcam os 92 anos da Mangels, celebrados em 1º de outubro. Apesar de ter muito a comemorar com a longevidade e a ampliação dos negócios, o aniversário deste ano veio marcado pelo desafio de superar a pandemia global de Covid-19.

    “A Mangels tem a experiência de atravessar diversas crises ao longo de sua história e a pandemia talvez seja a maior delas”, afirma o diretor-presidente, Fábio Mazzini. Ele complementa: “Quando este ano iniciou, nem em sonho poderíamos imaginar o que estaria por vir: um cenário tão incerto, desafiador e crítico, mas através das lições aprendidas e mais uma vez, confiando em nossos clientes, colaboradores e fornecedores, estamos superando todos os obstáculos”.

    Ao chegar ao Brasil, a pandemia levou a empresa a adotar uma série de medidas de contenção, como a criação de um comitê de crise, protocolos de segurança e saúde e a ampliação dos negócios da fábrica de botijões de GLP, por ser considerado um produto essencial e indispensável para as necessidades das famílias brasileiras.

    “Essas decisões rápidas e assertivas ajudaram a balancear o caixa e a reduzir o impacto da pandemia”, aponta o diretor-presidente.



    RESILIÊNCIA DIANTE DA CRISE



    Apesar dos necessários ajustes ao momento de exceção, Mazzini conta que a Mangels já vinha em uma boa fase. No ano passado, a empresa registrou crescimento de 25% em relação ao ano anterior no Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização). Além disso, a companhia expandiu a operação da planta de Minas Gerais em 5 mil metros quadrados e investiu em uma nova linha de pintura com verniz acrílico de rodas.

    “Somos pioneiros na produção desse acabamento para veículos premium na América do Sul, o que garante um diferencial em relação aos nossos concorrentes”, afirma o diretor-presidente.



    MANGELS ENTRE OS MELHORES FORNECEDORES



    A estratégia acertada da Mangels rendeu frutos: a companhia conquistou espaço entre os melhores fornecedores da indústria automotiva na América Latina. Desde de 2017, a empresa vem sendo reconhecida pelos seus clientes em uma séria de premiações e este ano continua nesta sequência de prêmios consolidando a sua missão.

    A Toyota destacou a fabricante de rodas nas categorias “Excelência na Performance de Qualidade e Logística” e “Performance na Redução de Custos e Promoção de Ideias”. Da Honda a companhia recebeu o troféu por “Qualidade de Desempenho e delivery”. Já a CNH Industrial reconheceu a Mangels por “Parceria Comercial - Veículos Comerciais”.

    “É um orgulho ganhar prêmios de montadoras de renome e tão exigentes. Sair de uma recuperação judicial e levar prêmios é sinal de um trabalho muito bem feito por todos os colaboradores da Mangels”, afirma Mazzini.