Marcopolo e Randon darão férias coletivas para 18,5 mil trabalhadores

Unidades da Randon instaladas em Caxias do Sul (RS) como a Suspensys (foto) entram em férias coletivas na segunda, 23

Por MÁRIO CURCIO, AB
  • 19/03/2020 - 18:30
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura

    A Marcopolo e a Randon decidiram conceder férias coletivas de 20 dias a partir de segunda-feira, 23 de março. Para a fabricante de ônibus, a medida impacta todas as suas quatro unidades, mantendo em casa cerca de 10 mil funcionários. Nas Empresas Randon, o início das férias coletivas a partir do dia 23 vale em princípio para as unidades localizadas em Caxias do Sul (RS).

    O anúncio ocorre um dia após Marcopolo e Randon terem divulgado medidas de prevenção à Covid-19, causada pelo coronavírus. Na Marcopolo, as férias coletivas param a produção das duas unidades de Ana Rech, em Caxias do Sul (RS), a planta de Xerém (Duque de Caxias, RJ) e a de São Mateus (ES).

    Para as Empresas Randon, a medida abrange a Randon Implementos, a Randon Veículos, as divisões Fras-le, Jost, Master, Suspensys e Castertech. São 8,5 mil trabalhadores atingidos. Nas demais unidades da empresa, localizadas em outras regiões, as definições poderão variar conforme a situação local, com férias seletivas ou coletivas. Estas outras linhas ficam em São Leopoldo e Erechim (RS); em Joinville e Chapecó (SC); em Sorocaba e Araraquara (SP); em Linhares (ES); e Resende (RJ).

    A empresa também estuda caso a caso as melhores soluções para os trabalhadores das divisões instaladas na Argentina, Uruguai, Peru, México, Estados Unidos, Índia e China.