Media Night faz um balanço do Grupo Volkswagen

Martin Winterkorn, CEO do Grupo Volkswagen

Por PAULO RICARDO BRAGA, AB
  • 21/10/2012 - 22:44
  • | Atualizado há 2 months
  • 2 minutos de leitura
    O CEO do grupo Volkswagen, Martin Winterkorn, acompanhado de diretores que integram o conselho administrativo das diversas marcas, comandou o Group Media Night na noite do domingo, 21, em São Paulo, para apresentar os planos das operações no Brasil. O encontro, que teve a presença de uma centena de jornalistas internacionais, repetiu a experiência tradicional da Volkswagen em proporcionar uma avant première de suas atrações na véspera do período reservado à imprensa nos principais salões mundiais. O encontro ocorreu pela primeira vez em São Paulo.

    O discurso de Winterkorn indicou a trajetória do grupo Volkswagen para tornar-se líder em vendas de veículos até 2017, com o investimento em novas fábricas, tecnologias e veículos amigáveis ao meio ambiente e em patamares elevados de desempenho, com powertrain convencional, híbrido ou elétrico.

    O executivo nada falou a respeito das novidades esperadas para o Brasil, como um SUV compacto e o esperado lançamento até 2014 do compacto Up!. A montagem do veículo deverá ocorrer na unidade de Taubaté (SP), que já está sendo preparada para receber o projeto, incluindo novas instalações de pintura. Os motores do Up! serão produzidos em São Carlos, no interior paulista, unidade que passa por expansão e construção de novas instalações. Além da versão 1.0, a Volkswagen deve introduzir um motor de três cilindros para equipar o lançamento.

    GOL DUAS PORTAS

    A novidade ficou por conta do novo Gol Trend, de duas portas, que custará a partir de R$ 26.690 em versão 1.0, cerca de R$ 1.300 menos que o equivalente de quatro portas. O veículo deverá encontrar receptividade entre frotistas e clientes que não façam questão de ter quatro portas no veículo.

    FÁBRICA DA DUCATI

    Durante a série de apresentações das diversas marcas que compõem o Grupo Volkswagen, destaque para a Ducatti, que anunciou a produção de motocicletas no polo de Manaus.

    INVESTIMENTOS

    Winterkorn falou de sua admiração pelo Brasil e disse que espera ver no final da Copa do Mundo, que tem patrocínio da Volkswagen, um confronto entre Brasil e Alemanha. “Vença quem vencer, estaremos satisfeitos”, afirmou. Ele lembrou que o grupo ocupa a primeira posição de fabricante na América do Sul. No Brasil os investimentos em curso somam € 3,4 bilhões até 2016, dos quais R$ 365 milhões são aplicados na modernização do sistema de pintura da unidade de Taubaté, que permitirá economia de água e de 35% no consumo de energia em relação às instalações atuais.

    WORKSHOP

    Ainda no domingo, no período da tarde, a Volkswagen promoveu no Hotel Hilton, em São Paulo, workshop com jornalistas sobre o grupo e sua participação no mercado brasileiro. Foram abordados temas como a economia brasileira, sustentabilidade e as operações na América do Sul. O encontro teve a participação de Michael Macht, membro do conselho de administração e responsável por produção do Grupo Volkswagen; Wolfram Thomas, diretor de meio ambiente, energia e novos de negócios do Grupo Volkswagen; Thomas Schmall, presidente da Volkswagen do Brasil; e Josef-Fidelis Senn, vice-presidente de recursos humanos da Volkswagen do Brasil e responsável pelas ações de sustentabilidade da empresa no País.

    O Salão do Automóvel de São Paulo estará aberto reservadamente à imprensa dias 22 e 23, no Anhembi, em São Paulo, e abrirá as portas ao público de 24 de outubro a 4 de novembro. Os organizadores aguardam a presença de 750 mil visitantes para conhecer as novidades de 49 marcas. Haverá cinco centenas de modelos expostos.