Mercedes-Benz acena com compras globais ao premiar fornecedores no Brasil

Fornecedores no Prêmio Interação da Mercedes-Benz: produto global e oportunidade de fornecimento global

Por PEDRO KUTNEY, AB
  • 15/10/2019 - 21:00
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 2 minutos de leitura


    A Mercedes-Benz premiou os melhores fornecedores de 2018 na terça-feira, 15, durante a Fenatran 2019 (de 14 a 18 no São Paulo Expo), aproveitando a apresentação no evento do novo Actros, o seu produto mais importante, tecnológico e global já lançado no País. A empresa agradeceu o empenho dos parceiros no trabalho de desenvolvimento da nova geração do veículo no Brasil nos últimos quatro anos, que inclui a operação brasileira na plataforma mundial de produção e vendas da companhia, acenando com a possibilidade de também tornar globais alguns dos fornecedores locais.

    Mathias Kaeding, que recém-assumiu a direção de compras da Mercedes-Benz no Brasil, afirmou aos presentes no Prêmio Interação que ter uma plataforma global desenvolvida no País abre novas oportunidades de negócios aos fornecedores brasileiros, com a inclusão deles na base global de compras do Grupo Daimler.

    “É hora de investir em novos negócios e ampliar os atuais. Teremos muitas novas possibilidades de expansão no nosso portfólio futuro, com mais produtos globais que não serão só para o Brasil. Oferecemos contratos de longo prazo e a oportunidade de fazer parte da escala global do Grupo Daimler”, acenou Mathias Kaeding.



    Segundo o executivo, atualmente “é irrelevante” o número de fornecedores da Mercedes no Brasil que também fornecem autopeças para outras unidades do grupo no mundo. Ele avalia que isso pode mudar nos próximos anos, com a maior abertura comercial do Brasil, redução de tarifas e câmbio em nível competitivo (como ocorre atualmente). “Precisa ser um negócio bom para os dois lados, mas os fornecedores precisam aceitar os riscos de exportar, com contratos de longo prazo que tenham tolerância a certas variações cambiais”, diz Kaeding.

    O novo diretor de compras reconhece que componentes mais sofisticados, “como a mirror cam (câmeras que substituem os espelhos retrovisores externos e equipam o novo Actros)”, terão muita dificuldade em ser nacionalizados no Brasil, “mas existem muitos itens que os fornecedores brasileiros podem ser competitivos globalmente”.

    SIMBOLISMO DE NOVA ERA



    Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil, disse aos fornecedores que a premiação deste ano simboliza uma nova era da companhia no País, com a colaboração no desenvolvimento de um produto global como é o novo Actros. “O importante é que entraremos em 2020 com investimento realizado de R$ 1,4 bilhão em novos produtos, do total do programa de R$ 2,4 bilhões no período 2018-2022”, disse.

    “É o final de uma maratona que começou há quatro anos quando começamos a desenvolver junto com vocês o novo Actros brasileiro. Estamos no quilômetro 40, mas ainda não chegamos. Por isso peço atenção à qualidade neste momento. Não podemos estragar tudo nesta reta final”, afirmou Philipp Schiemer.



    O presidente da Mercedes também confirmou que a nova geração do modelo produzido em São Bernardo do Campo (SP), com cabine e configurações diferentes do Actros europeu, será exportada para diversos países, incluindo mercados fora da América Latina.

    O executivo deu aos parceiros visão otimista sobre a evolução da produção no Brasil, que deverá seguir aquecida pela alta das vendas no mercado doméstico. “Este ano mais de 100 mil caminhões devem ser vendidos, é um bom número, mas existe potencial para evoluir bem mais. Para 2020 um novo crescimento já está praticamente contratado, com o encaminhamento de privatizações, retomada do setor de construção civil e juros baixos que devem animar o consumidor a comprar e com isso aquecer também a distribuição urbana de mercadorias”, avalia Schiemer.

    PRÊMIO INTERAÇÃO



    A Mercedes-Benz premiou nove fornecedores de materiais diretos aplicados à produção de veículos, três provedores de serviços e itens indiretos e mais três empresas foram premiadas por seus projetos de responsabilidade ambiental. Veja todos os premiados abaixo:

    MATERIAIS DIRETOS

    EXCELÊNCIA EM QUALIDADE
    • Kromberg & Schubert do Brasil
    • Schulz

    EXCELÊNCIA EM LOGÍSTICA
    • Iochpe Maxion
    • Michelin

    EXCELÊNCIA EM CUSTOS
    • Voestalpine Meincon
    • Maxiforja Componentes Automotivos

    EXCELÊNCIA EM TECNOLOGIA
    • Sumitomo Riko Automotive Hose Tecalon Brasil
    • Modine do Brasil Sistemas Térmicos

    CATEGORIA ESPECIAL
    • Fastplas Automotive

    MATERIAIS INDIRETOS

    EXCELÊNCIA OPERACIONAL
    • Embalatec Industrial

    EXCELÊNCIA COMERCIAL
    • Cosan Lubrificantes e Especialidades

    CATEGORIA ESPECIAL
    • Construcione Engenharia e Construções

    PRÊMIO RESPONSABILIDADE AMBIENTAL
    • Basf (Programa Mata Viva)
    • Bridgestone (Projeto Água de Reúso)
    • Henkel (Eficiência Energética)