Metalúrgicos da Ford aprovam novo acordo de estabilidade

Empregados da fábrica de São Bernardo têm garantias até novembro de 2019

Por REDAÇÃO AB
  • 19/04/2018 - 18:02
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura
    Os trabalhadores da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo (SP) aprovaram na manhã da quinta-feira, 19, um novo acordo de estabilidade negociado pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC que prevê a manutenção dos empregos até novembro de 2019. O novo acordo prevê a reposição da inflação na data-base da categoria, que é 1º de setembro, além de incluir o pagamento da PLR deste ano em maio e dezembro, corrigida pelo INPC, e a antecipação, para fevereiro de 2019, do pagamento da primeira parcela do 13º salário daquele ano.

    Em nota, o sindicato informa que os trabalhadores mensalistas da área administrativa também serão contemplados pelo acordo de estabilidade após um ajuste do número de empregados. Atualmente, a fábrica paulista da Ford emprega 3,2 mil pessoas.

    De acordo com o coordenador da representação sindical da empresa, José Quixabeira de Anchieta, caso a montadora anuncie novos investimentos na planta, haverá novas negociações e os itens acertados poderão ser revistos.

    “O acordo tranquiliza os trabalhadores, mas não o sindicato. Pautamos a estabilidade justamente porque não há o investimento em novos produtos, caso a empresa nos comunique este investimento voltaremos para as negociações. Queremos ter produção no ABC por muitos anos e precisamos construir esta negociação”, disse.

    O sindicato informa que há um ano vinha se debruçando sobre a construção de um acordo de estabilidade: “Foi muito importante ter a renovação na totalidade da convenção coletiva, pois todos os direitos dos trabalhadores estão garantidos sem aplicação da reforma trabalhista. A mobilização dos trabalhadores permitiu uma boa negociação diante do momento econômico e político que estamos vivendo”, avalia o diretor executivo do sindicato e trabalhador na Ford, Alexandre Colombo.