Metalúrgicos da GM farão passeata em São José

General Motors de São José dos Campos monta S10 e Trailblazer num setor e Classic em outro

Por REDAÇÃO AB
  • 05/12/2012 - 15:55
  • | Atualizado há 2 months
  • 42 segundos de leitura
    Os trabalhadores da General Motors que em agosto tiveram seus contratos de trabalho suspensos (o chamado lay-off) marcaram nova manifestação para a sexta-feira, dia 7. Os metalúrgicos sairão em passeata da sede do sindicato da categoria, que representa trabalhadores de São José dos Campos e região, e percorrerão as ruas do centro daquela cidade.

    Eles querem divulgar aos moradores do município a intenção da GM de realizar uma dispensa em massa. Hoje há 779 funcionários da GM em lay-off. O prazo para resolver a questão das demissões termina em 26 de janeiro. Nesta quinta-feira, dia 6, o sindicato e a montadora se reúnem novamente. “Queremos mostrar que a GM não tem motivos para realizar demissões em São José”, afirma o presidente do sindicato, Antônio Ferreira de Barros.

    A dispensa afetaria os trabalhadores do setor que deixou de montar este ano os modelos Corsa, Meriva e Zafira e atualmente produz o sedã Classic. A GM, contudo, não depende da unidade para a fabricação desse veículo, que também é feito em São Caetano do Sul (SP) e em Rosário, na Argentina.