Metalúrgicos do ABC realizam assembleia por campanha salarial

Empresas de autopeças podem enfrentar greve por falta de acordo

Por REDAÇÃO AB
  • 23/10/2017 - 18:00
  • | Atualizado há 2 months
  • 38 segundos de leitura
    Os metalúrgicos do ABC realizam na terça-feira, 24, uma assembleia para apresentar aos trabalhadores as propostas das bancadas patronais para a campanha salarial 2017. A reunião ocorre às 18 horas na regional Diadema do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

    De acordo com o sindicato, apesar de negociações com vários grupos como os de máquinas, estamparia e fundição estarem avançadas, o grupo que reúne as fabricantes autopeças não apresentou proposta e o sindicato não descarta o início de um movimento nas empresas do setor.

    “Já enviamos aviso de greve. Se for necessário, vamos parar as fábricas”, afirma Aroaldo Oliveira da Silva, secretário-geral do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. “É o terceiro ano em que eles insistem em não querer fechar acordo.”

    A campanha salarial teve início em julho e envolve 198 mil metalúrgicos no Estado de São Paulo. Nas negociações deste ano, um dos pontos com prioridade nas convenções coletivas é a chamada Cláusula de Salvaguarda, que visa a impedir alterações decorrentes da reforma trabalhista.