México passa a tarifar veículos argentinos em 20%

Autopeças e máquinas também foram afetadas por recentes medidas mexicanas

Por REDAÇÃO AB
  • 06/07/2012 - 19:59
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 51 segundos de leitura
    O México suspendeu um acordo de isenção de tarifas sobre automóveis com a Argentina. A ação resulta de uma disputa comercial entre os dois países. As informações são da agência Reuters. As exportações da Argentina para o México estão agora sujeitas a uma tarifa de 20% sobre veículos leves e entre zero e 20% para autopeças e máquinas.

    Segundo o subsecretário mexicano de comércio exterior, Francisco de Rosenzweig, a medida começou a valer em 26 de junho como “ação recíproca”, após a Argentina ter desistido do pacto firmado entre as indústrias automotivas dos dois países. A Argentina cancelou seu acordo com o México quando os carros provenientes daquele país passaram a pagar tarifa de 35%. A Argentina também passou a recolher uma série de tarifas sobre peças e maquinários.

    O secretário da economia do México, Bruno Ferrari, mostrou-se disposto a manter os acordos com outros países e chamou de protecionismo as medidas recentes da Argentina Em 2011, as exportações da Argentina para o México caíram 23%, enquanto as transações em sentido contrário subiram 39%.

    Nesta semana, como forma de proteger a própria moeda, o banco central argentino restringiu o acesso ao dólar e de outras moedas, inclusive o real, para fins não especificados. A medida pretende evitar que os argentinos façam poupança ou aquisição de imóveis utilizando outra moeda.