Mitsubishi e Suzuki também estariam fora do Salão

Japonesas controladas no Brasil pela HPE devem engrossar lista encabeçada pela BMW em janeiro

Por REDAÇÃO AB
  • 05/02/2020 - 16:20
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 51 segundos de leitura

    O Salão do Automóvel deve ter mais duas baixas nesta edição 2020, que ocorre entre os dias 12 e 22 de novembro: Mitsubishi e Suzuki, ambas controladas no Brasil pela HPE, estão fora do evento, segundo reportagem da revista Autoesporte.

    A posição oficial dada a Automotive Business pela HPE é que a empresa ainda analisa a participação no evento. Caso a desistência se confirme, Mitsubishi e Suzuki vão se juntar a BMW, Mini, Toyota, Lexus, General Motors e, mais recentemente, à Hyundai, que comunicou sua saída na terça-feira, 4.

    As duas japonesas controladas pela HPE venderam juntas 25,6 mil veículos no Brasil em 2019. O maior volume foi da Mitsubishi, com 21,9 mil unidades, 1,1% a menos que em 2018. A Suzuki teve 3,7 veículos entregues no ano passado, recuando mais de 20% em relação ao ano anterior.

    A Reed Alcantara, organizadora do evento, ainda conta com a presença de Volkswagen, Ford, Honda, Fiat, Jeep, Ram, Dodge, Renault e Nissan para o Salão.