Modelos da Toyota poderão ser trocados por soja e milho

Modalidade conhecida como barter trade é mais uma opção para clientes do agronegócio; picape Hilux e os SUVs SW4 e Corolla Cross são os modelos disponíveis

Por REDAÇÃO AB
  • 04/08/2021 - 18:17
  • | Atualizado há 1 month, 1 week
  • um minuto de leitura

    A Toyota do Brasil anunciou na quarta-feira, 4, que está oferecendo uma nova opção para aquisição de veículos em seu canal de vendas diretas. Trata-se do Toyota Barter, por meio do qual produtores rurais vão poder comprar os utilitários da marca japonesa realizando a permuta de grãos de soja e de milho. É o mesmo tipo de operação anunciado pela Stellantis em maio com as marcas Fiat, Jeep e Ram, embora a Toyota afirme que o seu programa já estava em operação como piloto desde 2019.

    “O Toyota Barter teve início como um projeto piloto em 2019, portanto, é o primeiro canal de vendas do Brasil a aceitar grãos na compra de um carro. Agora, temos a oportunidade de oficializar esta facilidade para o agronegócio e expandir a presença da Toyota e contribuir de maneira importante para esse que é um dos principais setores econômicos do nosso País”, declarou José Luis Rincon Bruno, gerente de vendas diretas da Toyota do Brasil. Segundo a empresa, o agronegócio respresenta hoje 16% das vendas diretas da marca.

    A operação de permuta conta com o suporte de uma empresa especializada, a NovaAgri, que é a responsável por coletar e validar os dados dos clientes, incluindo a regularidade tributária. Além disso, os clientes terão de apresentar certificações ambientais de produção rural para garantir a comercialização de grãos de plantio sustentável, já que a Toyota possui compromisso de neutralizar seus impactos ambientais até 2050.

    DISPONÍVEL EM SEIS ESTADOS, POR ENQUANTO



    O programa Toyota Barter possui equipes especializadas em concessionárias na Bahia, em Goiás, no Mato Grosso, em Minas Gerais, no Piauí e em Tocantins. Os interessados em adquirir um dos veículos disponíveis nessa modalidade – Hilux, SW4 e Corolla Cross – poderão se dirigir a uma das concessionárias Toyota e procurar pela equipe de vendas diretas. A empresa anunciou ainda que está estudando a expansão do modelo de negócio para outros estados, como Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul, onde o agronegócio também é forte.

    “O agronegócio é um mercado de grande potencial competitivo e com o Toyota Barter conseguimos oferecer uma facilidade única para produtores que sempre viram a Hilux como um objetivo pessoal ou para seus negócios. Estamos trabalhando para expandir ainda mais nossa presença no Brasil”, disse Fabricio Mazaia, vice-presidente executivo comercial e de operações da NovaAgri.