Motos Flash chegam ao mercado

Produzidas na fábrica da Kasinski, elas vão abastecer a rede Máquina de Vendas

Por Mário Curcio
  • 21/11/2011 - 17:36
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura

    <style type="text/css"> .texto { font-family: Verdana, Geneva, sans-serif; font-size: 10px; color: #666; } .texto { text-align: left; } </style>

    NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
    EmailRSSTwitterWebTVRevistaMobileRede Social


    Mário Curcio

    As motocicletas Flash, produzidas pela CR Zongshen (Kasinski) para abastecer a rede varejista Máquina de Vendas, começam a chegar ao mercado. A Máquina de Vendas é composta pelas bandeiras City Lar, Insinuante, Ricardo Eletro e Eletro Shopping, que atuam em Minas Gerais e nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

    Ao todo são cinco modelos de moto, todos derivados da linha Kasinski. A versão da foto produzida para a Máquina de Vendas e batizada MV City 150 é muito parecida com a Kasinski Comet 150. As maiores diferenças além do nome estão no farol e no preço (R$ 4.990), 7,4% mais baixo que o da Comet 150, sua equivalente Kasinski com preço sugerido de R$ 5.390. No caso do scooter elétrico, essa diferença é ainda maior: R$ 5.390 para o Prima 2000 da Kasinski e R$ 4.490 o Flash MV Power (redução de 16,7%).

    A CR Zongshen será responsável pelo pós-venda da marca Flash (nomeação e treinamento). A Máquina de Vendas tem 900 lojas e está em 301 cidades. O grupo prevê faturamento de R$ 7,2 bilhões para este ano.