New Fiesta, mais barato, quer ganhar volume de vendas

Ford reduz preço do veículo em até R$ 3,5 mil

Por Redação AB
  • 20/01/2012 - 19:32
  • | Atualizado há 2 months
  • 2 minutos de leitura

    <style type="text/css"> .texto { font-family: Verdana, Geneva, sans-serif; font-size: 10px; color: #666; } .texto { text-align: left; } </style>

    NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
    EmailRSSTwitterWebTVRevistaMobileRede Social


    Redação AB

    A Ford Brasil vai importar mais unidades do New Fiesta (foto), produzido no México, e oferecer uma redução de preço na tabela de até R$ 3,5 mil, conforme a versão. Os preços, agora, vão partir de R$ 45.950 para o hatch e de R$ 47.950 para o sedã.

    "A nova estratégia aproveita a maior disponibilidade de produção para o mercado sul-americano", explica Oswaldo Ramos, gerente nacional de vendas da Ford.

    A fabricante adotoa na família New Fiesta o design Kinetic, presente na carroceria e na cabine, e tecnologias inovadoras de conectividade e segurança que diferenciam o compacto global da Ford de muitos carros do segmento. Os veículos trazem sistema multimídia Sync com comando de voz em português, controle de estabilidade e tração, assistência de partida em rampa e 7 airbags - incluindo airbag de joelho e sensor de classificação do passageiro. A maior parte desse conteúdo, no entanto, é opcional e tem custo extra.

    A Ford destaca ainda a direção elétrica e a agilidade do motor Sigma 1.6 Flex 16V, com bloco, cabeçote, cárter e mancais em alumínio, que gera 115 cv com etanol e 110 cv com gasolina e leva o carro à velocidade máxima de 190 km/h, limitada eletronicamente.

    BRASILEIRO

    O New Fiesta comercializado no País, importado do México, país com o qual o Brasil mantém acordo de livre comércio, não está sujeito à cobrança de imposto de importação nem dos 30 pontos extras do IPI, que incidem sobre estrangeiros que vêm de fora do Mercosul e México. Em futuro próximo, o veículo será produzido na planta de São Bernardo do Campo (SP), que receberá R$ 800 milhões dos investimentos totais da Ford no Brasil, entre 2011 e 2015, de R$ 4,5 bilhões, para modernização. A montagem do Fiesta no ABC, dada como certa nos bastidores, não é confirmada pela Ford. Na unidade são montados atualmente a picape Courier e o Ka, cujo sucessor passará a ser fabricado em Camaçari, na Bahia.

    MERCADO

    A Ford foi a quarta colocada no ranking de vendas de veículos leves no País em 2011, com a comercialização de 313.990 unidades e participação de 9,17%. O volume incluiu 244.037 automóveis e 69.953 comerciais leves.

    A marca emplacou no ano passado 86.204 unidades do Fiesta, somados o New Fiesta mexicano e o Fiesta Rocam, montado em Camaçari (BA). Enquanto o Fiesta foi o veículo da marca mais vendido no País, em 9º lugar no ranking geral de automóveis, o Ka ficou em 12º, com 63.764 unidades.