Nio inaugura primeira estação de troca de baterias automatizada na China

Modelo ES8, o SUV da Nio, no lançamento da nova estação

Por REDAÇÃO AB
  • 21/04/2021 - 17:58
  • | Atualizado há 2 months
  • um minuto de leitura
    A Nio, fabricante chinesa de veículos elétricos, apresentou a segunda geração de estações para troca de baterias de seus carros em Pequim. Trata-se do primeiro local do tipo desenvolvido em parceria com a empresa de energia Sinopec. Com operações restritas atualmente ao mercado chinês, a Nio inovou com um conceito no qual o conjunto de baterias de seus automóveis são compartilhados.

    Assim, em vez de recarregá-las, o proprietário do veículo precisa se dirigir a uma estação e trocar o conjunto com pouca energia por outro. De acordo com a empresa, esse sistema torna a aquisição do automóvel mais acessível, já que as baterias são o componente mais caro dos elétricos. Como o dono do carro não precisa comprar a bateria, basta pagar uma taxa mensal do programa BaaS (Battery As a Service).

    A nova estação de troca, batizada de Nio Power Swap Station 2.0, possui 239 sensores que permitem ao carro manobrar de maneira autônoma para o interior do local, para que seja efetuada a troca do conjunto de baterias enquanto o motorista permanece no veículo – a operação demora cerca de três minutos. A empresa garante que a estação é capaz de realizar mais de 300 operações por dia, já que é mais eficiente.

    “A colaboração entre a Nio e a Sinopec vai permitir consolidar os recursos de ambas de forma eficiente e trazer uma melhor experiência de carregamento e de troca das baterias para os usuários dos veículos elétricos. A determinação da Sinopec em investir em serviços de energia verde vai incentivar mais pessoas a adotarem novos veículos movidos com esse tipo de energia”, afirmou William Li, fundador, presidente e CEO da Nio.