Novo Chevrolet Cruze mantém quatro estrelas em teste de colisão do Latin NCAP

Novo Chevrolet Cruze (esq.) e Fiat 500X vão bem em testes de colisão do Latin NCAP

Por REDAÇÃO AB
  • 09/11/2018 - 15:14
  • | Atualizado há 2 months
  • 2 minutos de leitura
    O novo Chevrolet Cruze recebeu quatro das cinco estrelas possíveis na classificação do teste de colisão do Latin NCAP, Programa de Avaliação de Carros Novos para a América e Caribe, onde cinco estrelas é a nota máxima em segurança. O modelo, fabricado na Argentina e vendido no Brasil e em outros mercados da região recebeu as mesmas quatro estrelas para proteção de ocupante infantil.

    Além dos airbags frontais, que são obrigatórios pela legislação brasileira, o modelo traz como item de série desde a versão mais simples também o airbag lateral de cabeça. O modelo também oferece controle eletrônico de estabilidade (ESC) como item de série, que também é considerado nas avaliações do Latin NCAP, que realizou testes de impacto frontal e lateral (veja o vídeo no fim do texto).

    Na análise do Latin NCAP, os airbags laterais ofereceram boa proteção nos impactos frontal e lateral para adultos, embora avalie que airbags laterais de cabeça e um teste de impacto lateral do tipo poste com resultado positivo poderiam melhorar o nível de estrelas para a proteção de adultos.

    No impacto frontal, o Cruze ofereceu proteção entre limitada e boa para ocupantes infantis de acordo com os requisitos do programa. Já no impacto lateral, a avaliação foi boa. Segundo o relatório do Latin NCAP, uma melhor sinalização das ancoragens Isofix para cadeiras de crianças poderia ajudar o veículo a obter a nota máxima em proteção, identificada por cinco estrelas.

    O teste do Chevrolet Cruze foi patrocinado, ou seja, quando a própria montadora oferece o carro para o crash test. Conforme as regras de patrocínio, o carro é escolhido aleatoriamente por representante do Latin NCAP e a montadora arca com os custos.

    O Latin NCAP também avaliou o Fiat 500X, fabricado na Itália e vendido em alguns mercados da América Latina e pela primeira vez recebeu cinco estrelas – a nota máxima em segurança pelos requisitos do programa. O modelo ainda não é oferecido no mercado brasileiro, mas pode vir a ser importado, uma vez que está sendo exibido na 30ª edição do Salão do Automóvel de São Paulo, que acontece até o próximo dia 18: segundo a montadora, para avaliar a receptividade do público brasileiro.

    A nota máxima – cinco estrelas – foi conferida tanto para proteção de adultos quanto para proteção de ocupantes infantis. Além disso, o Fiat 500X recebeu o prêmio extra do Latin NCAP Advanced Award por oferecer sistema de frenagem automática de emergência (AEB).

    Equipado com seis airbags como itens de série, o Fiat 500X mostrou boa proteção para adultos nos testes de impacto frontal, de impacto lateral e de poste. O ESC se desempenhou de acordo com as exigências do Latin NCAP e o AEB, oferecido como item opcional, também atendeu aos requisitos básicos para obter o Prêmio Advanced Award. Assim como o do Chevrolet Cruze, o teste do modelo também foi patrocinado.

    “É inspirador encontrar fabricantes que buscam obter as melhores qualificações para o mercado latino-americano e é alentador seu comprometimento em trazer novos modelos para níveis de classificação mais altos. No caso do 500X, a Fiat mostrou que eles podem oferecer os mesmos níveis de segurança para seus modelos na Europa e na América Latina. Esperamos que este compromisso possa inspirar a Chevrolet [GM] a seguir os mesmos passos com o modelo Cruze, uma vez que o mesmo modelo é oferecido com seis airbags na Europa e para a América Latina é apresentado com apenas quatro, como padrão”, alerta o secretário geral do Latin NCAP, Alejandro Furas.