Novo Tracker chega a 100 mil carros produzidos no Brasil

Linha de produção do novo Tracker: modelo é o quarto do ranking de vendas

Por REDAÇÃO AB
  • 29/04/2021 - 14:31
  • | Atualizado há 2 months
  • um minuto de leitura

    Apesar das paralisações da linha de produção do novo Onix até junho (leia aqui), a Chevrolet não tem do que reclamar com o novo Tracker, que acabou de atingir a marca de 100 mil unidades produzidas no Brasil, de acordo com comunicado divulgado nesta quinta-feira, dia 29.

    A nova geração do SUV foi lançada no Brasil em março de 2020, juntamente com o início da sua produção local, na fábrica da GM em São Caetano do Sul (SP), que teve de ser renovada para receber sua linha de montagem. Antes, o modelo vinha importado do México.

    O Tracker é hoje o terceiro SUV mais vendido do Brasil, com 16.045 unidades no acumulado até março deste ano, quase empatado com o Volkswagen T-Cross, com 16.053 unidades. O líder do segmento é o Jeep Renegade, que emplacou 19.111 veículos no período.

    Em 2020, o Tracker chegou a liderar o ranking de SUVs no mês de março, mas terminou o ano em quarto lugar, com um total de 49.372 carros, atrás de T-Cross (60.119 veículos), Renegade (56.865) e Jeep Compass (52.966).

    “Para produzir o Tracker, nós implementamos diversas novas tecnologias da indústria 4.0 que trouxeram ganhos não só em produtividade, mas principalmente em segurança, ergonomia e qualidade. Assim, ganha o consumidor, que tem um SUV atualizado, seguro e conectado; ganha o trabalhador da indústria, que torna seu trabalho mais eficiente; e ganha a indústria nacional, que tem uma fábrica com o que há de mais atualizado em termos de manufatura global”, explica Luiz Peres, vice-presidente de manufatura da GM América do Sul.