Paraná tem benefícios fiscais para atrair empresas

Estado perdeu participação no PIB nacional.

Por Automotive Business
  • 25/02/2011 - 05:45
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura

    <style type="text/css"> .texto { font-family: Verdana, Geneva, sans-serif; font-size: 10px; color: #666; } .texto { text-align: left; } </style>

    NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
    EmailRSSTwitterWebTVRevistaMobileRede Social


    Redação AB, com informações do Estadão

    A disputa por novos empreendimentos entre os Estados continua se intensificando. Depois do vice-governador Guilherme Afif Domingos ter afirmado recentemente que São Paulo oferece a melhor infraestrutura e está disposta a atrair investimentos, é a vez do governador Beto Richa promover nova política fiscal no Paraná para beneficiar empresas que pretendem se instalar no Estado ou estão em processo de ampliação.

    Evandro Fadel escreve na Agência Estado que entre as novidades da linha de ação Paraná Competitivo está a possibilidade de negociar o diferimento do ICMS em porcentuais que vão de 10% a 90%, além de estendê-lo para cidades onde não era permitido, como Curitiba, São José dos Pinhais e Araucária.

    O Paraná perdeu, entre 2003 e 2009, participação no PIB nacional, caindo de 6,4% para 5,9%. Também houve redução na participação em exportações, de 9,8% para 7%.