Produção de aço bruto cresce 8,2% no Brasil

Venda de produtos siderúrgicos somaram 10,9 milhões de unidades no 1º semestre

Por Agência Estado
  • 21/07/2011 - 18:40
  • | Atualizado há 2 months
  • 2 minutos de leitura

    <style type="text/css"> .texto { font-family: Verdana, Geneva, sans-serif; font-size: 10px; color: #666; } .texto { text-align: left; } </style>

    NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
    EmailRSSTwitterWebTVRevistaMobileRede Social


    Agência Estado

    A produção brasileira de aço bruto em junho foi de 3 milhões de toneladas, segundo o Instituto Aço Brasil (IABr). O resultado foi 3,9% maior do que o registrado no mesmo mês do ano passado. No entanto, a produção de laminados registrou queda de 8,4% na mesma comparação, com 2,1 milhões de toneladas produzidas em junho.

    No acumulado do primeiro semestre de 2011, foram produzidas 17,7 milhões de toneladas de aço bruto e 12,8 milhões de toneladas de laminados, o que significou um aumento de 8,2% e queda de 2,2%, respectivamente, na comparação com o mesmo período de 2010.

    Segundo o instituto, 1,8 milhão de toneladas de produtos siderúrgicos foram vendidos no País em junho, um recuo de 8,2% em relação a junho de 2010. As vendas acumuladas em 2011 somaram 10,9 milhões de toneladas, um crescimento de 0,7% com relação ao mesmo período do ano anterior.

    As exportações de produtos siderúrgicos somaram 1 milhão de toneladas em junho, totalizando US$ 810 milhões. No primeiro semestre, foram 5,6 milhões de toneladas exportadas, o equivalente a US$ 4,3 bilhões, um aumento de 32,7% em volume e de 69,2% em valor frente ao mesmo período do ano anterior.

    Já as importações somaram 317 mil toneladas em junho, com retração de 24,5% sobre o mesmo mês do ano passado. Em valores, as importações somaram US$ 390 milhões, com queda de 2%. No primeiro semestre, foram 1,7 milhão de toneladas de produtos siderúrgicos importados, 36,7% abaixo do mesmo período do ano anterior.

    O Instituto Aço Brasil informou ainda que o consumo nacional de produtos siderúrgicos foi de 2,1 milhões de toneladas em junho, queda de 10,3% em relação ao mesmo período de 2010, e de 12,6 milhões de toneladas no primeiro semestre de 2011, um recuo de 5,6% ante a primeira metade do ano passado.