Stellantis supera a VW em vendas na Europa

Peugeot 208 foi o mais vendido na Europa, título que tradicionalmente era do VW Golf

Por REDAÇÃO AB
  • 31/03/2021 - 14:25
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura

    Quando a Stellantis foi criada (a fusão entre PSA e FCA foi finalizada em janeiro), o objetivo era ter um dos maiores grupos automobilísticos do mundo para fazer frente a outras potências do setor, como Volkswagen e Toyota, que se revezam na liderança mundial das vendas. A estratégia está começando a dar certo: a Stellantis foi o maior vendedor de veículos na Europa no primeiro bimestre de 2021, segundo dados da ACEA (associação das montadoras europeias).

    Nos dois primeiros meses deste ano, a empresa comercializou 480.888 veículos leves somando os mercados dos 30 países que compõem a ACEA, contra 452.400 do Grupo VW, que costuma ser a líder tradicional da região. A diferença representa uma vantagem de 6,3%.

    A Volkswagen continua como campeã nas vendas de automóveis de passageiros, que somam 419.855, porém teve um desempenho fraco entre os comerciais leves, com apenas 32.545 unidades. Enquanto isso, a Stellantis chegou a 377.244 automóveis e mais 103.644 unidades em comerciais leves. O 208 foi o modelo mais vendido na Europa em fevereiro (leia aqui), posição que tradicionalmente era do VW Golf.

    Em 2020, a Volkswagen liderou na Europa com 3.228.655 vendas, acima dos 3.038.827 que representam a soma das vendas de FCA e PSA. O grande trunfo da Stellantis tem sido o mercado de vans, que cresceu a quase 25% na Europa após a compra da Opel/Vauxhall da GM em 2017. A montadora tem tido sucesso ao apostar nas vans menores, que compartilham a plataforma de automóveis tanto para transporte de carga como de passageiros.