Sucesso do XC40 faz Volvo ampliar produção do modelo

SUV compacto recebeu 80 mil pedidos; montadora vai aumentar ritmo na Bélgica e China

  • 25/05/2018 - 19:41
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 56 segundos de leitura

    Com quase 80 mil pedidos já feitos pelo seu novo SUV compacto XC40, a Volvo Cars informou que vai precisar ampliar a produção do modelo na Bélgica e na China. O mais novo, menor e mais barato utilitário esportivo da fabricante sueca foi lançado no fim do ano passado e chegou ao mercado brasileiro em abril com sucesso parecido (leia aqui): o carro teve mil unidades negociadas na pré-venda e deverá representar cerca de um terço das vendas da marca por aqui este ano.

    A produção do XC40 será ampliada no primeiro semestre do ano que vem na fábrica de Ghent, Bélgica, e Luqiao, China. Além disso, a empresa anunciou que aproveitará o sucesso de seu modelo de entrada para lançar novos veículos baseados em sua plataforma modular CMA, da qual o XC40 é o primeiro derivado.

    “O sucesso do XC40 superou nossas maiores expectativas”, disse Håkan Samuelsson, presidente e CEO da Volvo Cars. “O segmento de mercado em que ele atua é o que mais cresce no mundo e, com esses modelos construídos sobre a plataforma CMA, esperamos nos beneficiar ainda mais desse crescimento”, acrescentou.

    A nova arquitetura CMA foi desenvolvida em conjunto com a chinesa Geely Holding, dona da Volvo Cars desde 2010. A plataforma fornece à fabricante sueca economia de escala, inclusive para produzir carros da sua nova marca irmã, a Lynk & Co, na fábrica belga de Ghent. Os próximos carros baseados na CMA incluirão veículos totalmente elétricos e serão vendidos globalmente.