SUV já é o segmento dominante no Brasil; veja os 20 mais vendidos

Os utilitários esportivos ultrapassaram os hatches; Jeep Renegade lidera a categoria com folga e ainda é o 5º carro mais comercializado no País

Por ZECA CHAVES, AB
  • 06/07/2021 - 18:03
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 2 minutos de leitura

    Que os SUVs estão entre os modelos mais populares do mercado isso já não é novidade, mas pela primeira vez na história eles passam a ser o segmento de carro mais vendido do Brasil, como mostram os números de emplacamento do ranking da Fenabrave.

    No ano passado, os SUVs representavam 29,5% do mercado de automóveis de passeio, um pouco atrás da categoria classificada pela Fenabrave de “hatches pequenos” (Onix, HB20, Argo), que tinha 31,47%. No acumulado das vendas do primeiro semestre de 2021, os SUVs subiram para 39,36%, ultrapassando com folga os hatches, que caíram para 23,56%. Mesmo somando a categoria seguinte, classificada como “carros de entrada” (Gol, Mobi, Kwid), que representa 15,41% das vendas, os SUVs ainda ficariam à frente.



    Publicidade



    Um dos grandes responsáveis pelo excelente crescimento dos SUVs em 2021 é o Jeep Renegade. Mais do que líder do segmento, ele emplacou 40.607 unidades, muito à frente do segundo colocado, o Hyundai Creta, com 33.493 veículos, uma vantagem de 21%. É um número tão expressivo que é suficiente para colocá-lo como o quinto veículo mais vendido do país neste ano, atrás apenas de Fiat Strada, Hyundai HB20, Fiat Argo e Chevrolet Onix.

    Outro destaque da lista é o Toyota Corolla Cross. Não se deixe enganar pelo 10º lugar no ranking dos SUVs, com 10.313 unidades emplacadas no primeiro semestre. Como ele chegou às lojas apenas no final de março, é de esperar que ele teria uma posição melhor se estivesse disponível nos seis meses do ano, como seus demais concorrentes.

    Nas vendas do mês de junho, por exemplo, o Corolla Cross comercializou 4.710 carros, o que lhe daria o quarto lugar do segmento dos SUVs, abaixo apenas de Renegade (7.504), Compass (6.046) e Creta (5.902). O novo modelo da Toyota vendeu mais até do que o sedã que lhe deu origem, o Corolla (3.544 unidades). A própria Toyota já disse que a demanda pelo SUV está acima do esperado, inclusive nos mercados para os quais o Brasil exporta, e que poderia vender 60% mais se não fosse a crise dos semicondutores.

    O destaque negativo fica por conta do Chevrolet Tracker. Embora ele tenha terminado o primeiro semestre como o quinto SUV mais vendido, suas vendas têm caído mês a mês porque a GM tem enfrentado sérios problemas de fornecimento de semicondutores. Com isso, a empresa precisou fechar as linhas de montagem de São Caetano do Sul (SP), onde o Tracker é produzido, e de Gravataí (RS), que está paralisada desde março.

    SUVs MAIS VENDIDOS NO 1 º SEMESTRE DE 2021

    1) Jeep Renegade 40.607
    2) Hyundai Creta 33.493
    3) Jeep Compass 32.554
    4) VW T-Cross 29.179
    5) Chevrolet Tracker 27.125
    6) VW Nivus 19.935
    7) Nissan Kicks 19.169
    8) Honda HR-V 18.746
    9) Renault Duster 12.950
    10) Toyota Corolla Cross 10.313
    11) Citroën C4 Cactus 7.302
    12) Toyota SW4 6.034
    13) Caoa Chery Tiggo 5X 5.516
    14) Honda WR-V 5.006
    15) Caoa Chery Tiggo 8 3.763
    16) Renault Captur 3.490
    17) Peugeot 2008 3.417
    18) Ford EcoSport 2.924
    19) Caoa Chery Tiggo 2 2.477
    20) VW Tiguan 2.371