Térmicas não encarecem preço da energia

Posição é do ministro de Minas e Energia, Márcio Zimmermann.

Por Sabrina Craide, Agência Brasil
  • 17/08/2010 - 00:00
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura
    NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
    EmailRSSTwitterWebTVRevistaMobileRede Social

    Sabrina Craide, Agência Brasil

    O ministro de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, disse na segunda-feira, 16, que o acionamento de energias termelétricas para evitar o risco de desabastecimento no período de seca não vai deixar a energia do país mais cara, porque isso já está previsto no sistema brasileiro.

    “É um procedimento normal. Quando a térmica entra no leilão, ela já vende uma parte da energia assegurada, só que ela só é despachada quando há necessidade, mas no planejamento nós contamos com ela”.

    Segundo o ministro, as térmicas que estão sendo ativadas desde o fim do período chuvoso são usinas a gás, de custo menor. Ele garante que esse despacho é monitorado pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico, e já estava previsto. “As térmicas não são feitas para decorar estradas, quando necessário, elas geram. Temos um sistema hidro-térmico, e isso quer dizer tudo”.