Um bancário na presidência da CUT

Vagner Freitas deve ser eleito no congresso nacional em julho

Por Redação AB
  • 13/04/2012 - 07:34
  • | Atualizado há 2 months
  • 34 segundos de leitura
    Redação AB

    Raphael Di Cunto escreve no Valor Online que a CUT, maior central sindical do país, com 2,2 mil sindicatos filiados, será presidida pela primeira vez, quase 30 anos depois da sua criação, por um bancário. Atual tesoureiro da entidade e ex-caixa do Bradesco, Vagner Freitas, de 45 anos, tem apoio da corrente majoritária da central e deverá ser eleito presidente no Congresso Nacional da CUT, em julho.

    Freitas disse ao jornalista que apenas os bancos públicos estão cumprindo o papel de auxiliar o desenvolvimento do Brasil. Ele segue a linha da presidente Dilma e cobra dos bancos privados mais financiamentos para auxiliar o crescimento do país e a redução dos spreads bancários.

    O sindicalista defende que o Brasil aproveite o momento econômico favorável para aumentar os direitos dos trabalhadores e quer implantar o contrato nacional para todas as categorias, hoje restrito a bancários e petroleiros.