Venda de caminhões permanece embalada e cresce 27,5% no trimestre

Apesar da falta de produtos, segmento teve 25,8 mil unidades licenciadas no acumulado do ano

Por MÁRIO CURCIO, PARA AB
  • 06/04/2021 - 12:16
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 48 segundos de leitura

    A venda de caminhões em março somou 10,8 mil unidades, anotando alta de 39,9% na comparação com fevereiro. O confronto com março do ano passado revela um salto ainda maior, de 65,8%. O acumulado do ano teve 25,8 mil caminhões licenciados e alta de 27,5% sobre o primeiro trimestre de 2020. Os números foram divulgados na terça-feira, 6, pela Fenabrave, que reúne as associações de concessionários.

    “Apesar do alto porcentual de elevação, vale ressaltar que a comparação se dá por uma base muito baixa, registrada em 2020”, revela o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior.



    O comentário se refere ao crescimento elevado sobre março de 2020, mês que teve baixo número de emplacamentos em todo o País (apenas 6,5 mil unidades) por causa do fechamento de Detrans e concessionárias.

    Os caminhões foram o segmento com maior alta neste primeiro trimestre. De acordo com a Fenabrave, as vendas permaneceram aquecidas no período (apesar da falta de produtos) e as entregas melhoraram. No entanto, com a queda da produção de veículos por causa do agravamento da pandemia de Covid-19 (leia aqui), essa escassez de produtos tende a se agravar em abril.



    - Faça aqui o download dos dados da Fenabrave
    - Veja outras estatísticas em AB Inteligência