Vendas globais do Grupo PSA crescem 15% em 2017

SUVs ajudam no resultado e encerram o ano com 23% de participação

Por REDAÇÃO AB
  • 16/01/2018 - 17:33
  • | Atualizado há 2 months
  • um minuto de leitura
    Pelo quarto ano consecutivo, o Grupo PSA registra aumento de suas vendas globais ao encerrar 2017 com volume 15,4% maior do que o ano anterior, para um total de 3,63 milhões de unidades entregues em todo o mundo.

    A ofensiva da companhia focada em SUVs ajudou no resultado, impulsionando inclusive o crescimento rentável do grupo, que lançou globalmente cinco modelos nos últimos 18 meses. O segmento encerrou o período com 23% de participação no volume total.

    O desempenho do grupo foi positivo em todas as regiões do mundo: na Europa, as vendas subiram mais de 23%, para mais de 2,37 milhões de unidades. Deste total, 376,4 mil veículos foram vendidos pelas marcas Opel e Vauxhall, incluídas nos dados do grupo desde 1º de agosto do ano passado. O resultado na Eurásia também aumentou 45%, com pouco mais de 15,2 mil veículos.

    Também houve bons resultados na América Latina, onde a PSA cravou crescimento de 12%, ao licenciar mais de 206 mil veículos. A Peugeot viu suas vendas se elevarem em 11%, impulsionados pelos SUVs 3008 e 5008, além do lançamento da van Expert no Brasil e na Argentina. No caso da Citroën, houve alta de 13,8% dos licenciamentos na região, com destaque para o crescimento de 47% das vendas no Chile graças ao novo Citroën C3 e ao Berlingo. Também há boas expectativas para a nova Jumpy, fabricada ao lado da Peugeot Expert no Uruguai. Por fim, a DS também elevou seus números no mercado latino-americano, com alta de 21%, graças ao bom momento na Argentina, onde é a terceira colocada no ranking do mercado premium local com o DS 3 e onde também lançará ainda neste ano o DS 7 Crossback.

    O grupo registrou ainda crescimento na China, Oriente Médio e África e Índia Pacífico, com índices acima de 30% e volumes de 387 mil, 618 mil e 26,1 mil, respectivamente.