Volkswagen anuncia investimentos no Paraná

Pablo Di Si, CEO da VW América Latina, e o governador do Paraná, Ratinho Junior, assinam acordo de investimento

Por REDAÇÃO AB
  • 25/06/2021 - 19:09
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura

    A Volkswagen anunciou nesta sexta-feira, 25, que vai investir R$ 5,6 milhões em parceria com o governo do Paraná em três projetos nas áreas da saúde e qualificação profissional.

    Segundo o acordo assinado, serão destinados R$ 2 milhões ao projeto Hospital Digital, do Complexo de Saúde Erasto Gaertner; R$ 850 mil para elaboração do projeto da construção do Hospital Regional de Colombo, na região metropolitana de Curitiba; e mais R$ 2,84 milhões para a retomada das Carretas do Conhecimento Digital,um programa de capacitação profissional intinerante.

    Publicidade



    "Novas demandas nas áreas da saúde e qualificação profissional surgiram devido à pandemia. Na saúde, entendemos ser primordial o incentivo à digitalização, proporcionando aos pacientes maior praticidade, conveniência e comodidade. Também consideramos importante oferecer oportunidades de qualificação profissional para que a população paranaense esteja ainda mais preparada para o mercado de trabalho", afirmou Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen América Latina.

    O governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), disse que a Volkswagen mantém com o governo diversas parcerias que ajudam a desenvolver o Estado. “São ações em diferentes áreas, como essas na saúde que vão permitir que o Hospital Erasto Gaertner, referência para o País no tratamento do câncer, avance tecnologicamente e que Colombo, uma das mais populosas cidades do Paraná, ganhe um hospital novo e moderno”, comentou ele.

    O projeto Carretas do Conhecimento é fruto de uma parceria entre VW, governo estadual, SENAI-PR e Fundação Grupo Volkswagen, que destinou no início do ano 1.692 vagas gratuitas para cursos de qualificação profissional, em 30 localidades do Paraná. São caminhões que funcionam como escolas móveis, equipadas com laboratórios, oficinas e salas de aula. Por causa da pandemia, as aulas são realizadas de forma semipresencial e incluem a entrega de chips 4G para os alunos. A previsão é abrir mais vagas em novas regiões no segundo semestre.

    A viabilização dos projetos é resultado das contrapartidas do protocolo de intenções firmado entre a Volkswagen e o governo do Paraná em 2013, dentro do programa Paraná Competitivo.