Volkswagen chega a 100 mil Virtus produzidos no Brasil

Sedã compacto fabricado na planta do ABC Paulista é exportado para dez mercados

Por REDAÇÃO AB
  • 17/09/2019 - 16:54
  • | Atualizado há 2 months
  • um minuto de leitura

    A Volkswagen celebra na terça-feira, 17, o marco de 100 mil unidades do Virtus produzidos em sua fábrica Anchieta, localizada em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. O sedã compacto é derivado do hatch Polo, ambos montados sobre a plataforma MQB. O Virtus foi apresentado no fim de 2017 e suas vendas começaram por aqui no início do ano seguinte.

    Desenvolvido pela equipe de engenheiros da VW no Brasil, atualmente o modelo é exportado para dez mercados da América Latina: Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Peru, Paraguai, Uruguai, Curaçau, Costa Rica e mais recentemente começou a ser enviado para o México.

    O Virtus trouxe inovações tecnológicas importantes para o portfólio da VW, como o manual cognitivo, que oferece interatividade ao consultar o manual do proprietário, além de ter sido o primeiro carro do mundo a utilizar a inteligência artificial IBM Watson para responder perguntas e dúvidas sobre todos os detalhes do veículo.

    No quesito segurança, o carro recebeu nota máxima do Latin NCAP quando foi submetido aos testes de colisão.

    O presidente e CEO da Volkswagen do Brasil e América Latina, Pablo Di Si, já projetava a liderança do modelo no segmento dos sedãs compactos e os números atuais comprovam a projeção: de janeiro a agosto deste ano, foram emplacadas pouco mais de 30,1 mil unidades do modelo, volume que confere ao Virtus uma participação acima dos 46% no segmento, à frente de Toyota Yaris (27,7%), Honda City (14,5%) e GM Cobalt (13%), de acordo com o levantamento mais recente da Fenabrave, entidade que reúne os concessionários no País.

    “Todas essas conquistas refletem o trabalho de uma equipe dedicada e inovadora, que tem sido fundamental para o sucesso da nossa ofensiva de produtos”, comemora Pablo Di Si.