Volkswagen estende férias coletivas até o fim de abril

Linhas já estão paradas desde o dia 23; plano inicial era suspender a produção por duas semanas

Por REDAÇÃO AB
  • 26/03/2020 - 20:12
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 53 segundos de leitura

    A Volkswagen anunciou no fim da quinta-feira, 26, que vai estender até o fim de abril as férias coletivas que inicialmente estavam previstas para durar por duas semanas. A fabricante informa que tomou a decisão “em decorrência dos impactos da Covid-19”, a doença causada pelo coronavírus.



    Todas as quatro fábricas da Volkswagen do Brasil em São Bernardo do Campo, Taubaté, São Carlos (SP) e São José dos Pinhais (PR) suspenderam temporariamente a produção de veículos e motores desde a última segunda-feira, 23, colocando em casa quase todos os seus 15 mil empregados no País, para evitar a disseminação da doença. Apenas algumas áreas essenciais permanecem de plantão e funcionários dos escritórios estão trabalhando em regime remoto (home office).

    A Volkswagen informa ainda que a retomada da produção prevista para o início de maio deverá acontecer de forma gradual, “de acordo com a programação da cadeia de suprimentos e de logística de cada fábrica”.

    A adoção de férias coletivas faz parte das ferramentas de flexibilização previstas em Acordo Coletivo de Trabalho dos empregados da Volkswagen.