Volkswagen firma compromisso com os Princípios de Empoderamento das Mulheres

Documento da ONU Mulheres e do Pacto Global fomenta o engajamento das empresas na promoção da equidade de gênero

Por GIOVANNA RIATO, AB
  • 28/09/2020 - 05:30
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • 2 minutos de leitura

    A Volkswagen tornou-se signatária dos WEPs - Womens’s Empowerment Principles (Princípios de Empoderamento das Mulheres), compromisso desenvolvido pela ONU Mulheres e pelo Pacto Global. Com a ação, a companhia confirma o engajamento com a promoção da equidade de gênero e de oportunidades. Em comunicado, Marcellus Puig, vice-presidente de recursos humanos da Volkswagen América do Sul, aponta a importância do iniciativa:

    “Este acordo nos ajudará a adotar políticas que buscam o crescimento da participação feminina de maneira robusta nas posições de gestão com foco no desenvolvimento do maior número de mulheres para se tornarem líderes”, destacou.



    Segundo a companhia, o compromisso é parte do esforço em curso na Volkswagen para promover uma profunda transformação cultural. Pablo Di Si, presidente e CEO da empresa na América Latina aponta que o objetivo é tornar a empresa mais humana e ágil (ele fala a respeito nesta entrevista).

    “Uma equipe diversa e uma gestão mais inclusiva estimulam a inovação e a criatividade. E justamente estes dois fatores, essenciais para o período em que estamos vivendo, podem nos levar a um patamar além”, destacou Di Si.



    A IMPORTÂNCIA DO COMPROMISSO COM A EQUIDADE DE GÊNERO



    O comprometimento da companhia acontece em toda a América do Sul, já que a operação argentina também assinou o documento localmente. No Brasil, a Volkswagen entra para um grupo de mais de 300 companhias signatárias dos WEPs – um número ainda pequeno se comparado ao universo de mais de 19,2 milhões de empresas em operação no País, sendo 1,9 milhão delas de médio e grande porte, conforme indicam dados do Sebrae.

    Neste contexto, o compromisso da Volkswagen integra recente e relevante movimentação da indústria automotiva para se adequar aos Princípios de Empoderamento da Mulher, que estimulam a busca por equidade de oportunidades para garantir sustentabilidade aos negócios e à sociedade. No setor, as mulheres ocupam apenas 6% das posições de alta gestão, segundo a pesquisa Liderança do Setor Automotivo.

    Em novembro de 2019, estimuladas pela Rede AB Diversidade, seis empresas e entidades do setor assinaram o documento da ONU Mulheres, incluindo a própria Anfavea, associação que representa as montadoras instaladas no Brasil. Mesmo diante da pandemia que impõe preocupação com o curto prazo, este ano, além da Volkswagen, a Hyundai também se comprometeu com os princípios da ONU Mulheres.

    QUAIS SÃO OS PRINCÍPIOS DE EMPODERAMENTO DAS MULHERES?



    Os WEPs foram criados pela ONU Mulheres, entidade das Nações Unidas para a equidade de gênero e o empoderamento feminino, em parceria com o Pacto Global das Nações Unidas, entidade focada na promoção compromisso das empresas com o desenvolvimento social. Conheça os sete princípios:

    1. Estabelecer liderança corporativa sensível à igualdade de gênero;
    2. Tratar todas as mulheres e homens de forma justa no trabalho, respeitando e apoiando os direitos humanos e a não discriminação;
    3. Garantir a saúde, segurança e bem-estar de todas as mulheres e homens que trabalham na empresa; 4. Promover a educação, capacitação e desenvolvimento profissional para as mulheres;
    5. Apoiar o empreendedorismo feminino e promover políticas de empoderamento das mulheres através das cadeias de suprimentos e marketing;
    6. Promover a igualdade de gênero através de iniciativas voltadas à comunidade e ao ativismo social;
    7. Medir, documentar e publicar os progressos da empresa na promoção da equidade de gênero.