Volkswagen inaugura fábrica em Ruanda

Produção inicial de Ruanda terá Polo (foto) e Passat, com possibilidade para até 5 mil carros por ano

Por REDAÇÃO AB
  • 28/06/2018 - 17:16
  • | Atualizado há 2 months
  • 55 segundos de leitura
    A Volkswagen inaugurou sua primeira linha de montagem em Ruanda, na África, com capacidade para até 5 mil carros por ano. A produção começa com os modelos Polo e Passat. A operação local inclui não só montagem de carros, mas também o compartilhamento de veículos e um ponto de vendas e serviços. O investimento previsto em uma primeira fase é de US$ 20 milhões, com a expectativa de gerar mil empregos locais.

    “Ruanda é um país jovem e ávido por mobilidade individual. Com um pacote adaptado à região, com produção local e serviços de mobilidade inovadores, vamos aproveitar as oportunidades de crescimento. O país pode se tornar um modelo para outros da África e para mercados emergentes”, afirma o CEO do Grupo Volkswagen para a África do Sul, Thomas Schäfer.

    De acordo com o grupo alemão, o compartilhamento de carros estará baseado em aplicativos. O projeto começa com empresas situadas na capital Kigali. A Volkswagen afirma que Ruanda é o mercado ideal para soluções de mobilidade porque sua população é bem informada sobre tecnologia digital.

    Além de Ruanda, a Volkswagen já atua na África do Sul, Nigéria, Quênia e Argélia. Em sua estratégia de médio prazo Transform 2025+, a companhia está fortalecendo as regiões consolidadas e se concentrando em novos mercados em ascensão.

    “Obviamente, existem alguns desafios, mas também há grandes oportunidades no continente africano. Começando com operações menores, podemos aprender e responder de forma flexível aos desenvolvimentos”, conclui Schäfer.