Volkswagen soma 2 milhões de motores EA211 produzidos em São Carlos

Funcionários reunidos em frente à fábrica da Volkswagen em São Carlos (SP) comemoram a produção de 2 milhões de motores EA211

Por REDAÇÃO AB
  • 10/05/2021 - 19:30
  • | Atualizado há 2 months
  • um minuto de leitura
    A Volkswagen comemora a produção no Brasil de 2 milhões de motores com bloco e cabeçote de alumínio da família EA211, fabricada na planta de São Carlos (SP) desde 2013, estreando com o tricilíndrico aspirado 1.0 MPI de 84 cavalos e logo depois o 4-cilindros 1.6 MSI de 117 cv, que hoje equipam vários modelos da marca. Pouco menos da metade do volume, 900 mil, são das duas versões turbinadas com injeção direta do EA211, que começaram a ser produzidas no interior paulista a partir de 2015, começando com o 1.0 TSI de 128 cv e na sequência o 1.4 TSI de 150 cv.

    A motorização turboflex da Volkswagen foi pioneira no País, com a produção nacional do primeiro motor tricilíndrico de 1 litro com turboalimentação, injeção direta e bicombustível etanol-gasolina, que marcou a estreia de uma nova safra de motores mais eficientes e potentes, com amplas possibilidades de utilização. A aplicação da tecnologia no Brasil também motivou a nacionalização de boa parte dos componentes, incluindo o próprio turbocompressor, produzido pela BorgWarner em Itatiba (SP).

    Os motores turboflex TSI são um sucesso de mercado no Brasil e equipam modelos como Polo, Virtus, Up!, Nivus, T-Cross, Tiguan e o próximo lançamento da marca, o Taos. Segundo a Volkswagen, o novo SUV equipado com o motor 1.4 TSI de 150 cavalos irá oferecer a melhor relação peso/torque do segmento, acelerando de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos e chegando à velocidade máxima de 194 km/h.

    São Carlos também exporta volumes relevantes do motor 1.4 TSI, incluindo contrato de 300 mil unidades entre 2018 e 2020 para a fábrica da Volkswagen em Puebla, no México, onde o propulsor equipa Tiguan e Jetta.

    “Este marco de 2 milhões de motores da família EA211 mostra a relevância que a fábrica tem para a região e o grupo, pois além de abastecermos o mercado interno, também exportamos os motores TSI para Argentina, México e Espanha”, destaca Cesar Drazul, gerente da planta de São Carlos.