Volkswagen: vendas mundiais crescem 3%

América do Sul, no entanto, registra queda acentuada de 19,3%

Por REDAÇÃO AB
  • 08/10/2014 - 14:40
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura
    A Volkswagen já entregou de janeiro a até setembro 4,56 milhões de automóveis em todo o mundo, registrando pequena alta de 3% sobre o mesmo período de 2013. Em setembro a companhia vendeu 534,8 mil unidades, apenas 0,2% a mais que no mesmo mês do ano passado.

    O desempenho no continente americano continua afetando negativamente os resultados da marca, especialmente na América do Sul, onde as vendas no acumulado dos três trimestre somaram 488 mil unidades, levando a uma queda de 19,3% ante igual período de 2013.

    O volume registrado para a America do Norte no período foi de 432,7 mil carros de passeio, retração de 8%. Nos Estados Unidos isoladamente, os 270,9 mil automóveis vendidos no período levaram a um recuo de 14% ante os mesmos nove meses do ano passado.

    Em todo o continente europeu a montadora registrou 1,26 milhão de unidades até o terceiro trimestre e obteve leve alta de 2,8%. Na Europa Ocidental (exceto Alemanha) foram entregues 648,3 mil unidades, acréscimo de 5,2%. No mercado alemão a empresa vendeu 430,1 mil automóveis, crescendo 4,8%.

    Nas regiões Central e Oriental do Velho Continente a montadora vendeu 181,4 mil carros de passeio, recuando 8,8% ante os mesmos nove meses de 2013. Na Rússia, os 93,8 mil automóveis implicaram queda de 20%.

    A Ásia-Pacífico permanece com desempenho turbinado pelas vendas da China, que sozinha entregou 2,07 milhões de carros, registrando alta de 15,3% sobre o acumulado até setembro de 2013 e superando pela primeira vez a barreira dos 2 milhões de carros nos três primeiros trimestres. Em toda a região foram vendidos 2,22 milhões de Volkswagen, crescimento de 13,8%.