Volvo passa a ter desconto para deficientes

Programa Volvo For All reduz o preço do V40 Kinetic em 17,6%

Por REDAÇÃO AB
  • 26/05/2017 - 19:49
  • | Atualizado há 2 months
  • um minuto de leitura
    A Volvo foi autorizada pelo governo a vender seus carros para portadores de necessidades especiais com isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Com o benefício, o valor de um V40 T4 Kinetic, seu modelo mais em conta, cai de R$ 136.950 para R$ 112.931 (-17,6%).

    A isenção de IPI foi a forma pela qual a fabricante sueca conseguiu se enquadrar à lei 8.989, que até então só concedia isenções de impostos a portadores de necessidades especiais aos carros cujo valor final não ultrapassasse os R$ 70 mil com os devidos descontos. A Volvo foi a primeira a romper esse teto máximo e deve puxar a fila no segmento premium.

    Na sexta-feira a empresa reuniu em sua sede em São Paulo representantes de autoescolas, despachantes, empresas adaptadoras e entidades do setor para apresentar o programa For All, que oferece para pessoas com deficiência todos os veículos trazidos ao Brasil. No caso do XC90 T8 Inscription híbrido, tabelado em R$ 532.950, o valor cai para R$ 407.526 pelo programa (-23,5%).

    “Esse encontro foi importante para apresentar ao mercado nossa iniciativa e a política consistente que desenvolvemos para o setor. O enquadramento da Volvo na legislação garantiu isonomia entre as marcas”, afirma o presidente da Volvo Cars, Luis Rezende. Em alguns Estados, como São Paulo, há também a isenção do Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

    A lei 8.989 não beneficia apenas deficientes físicos, mas também aqueles com artrose, vitimados por Acidente Vascular Cerebral (AVC), câncer de mama e linfomas, pessoas com nanismo, talidomida, problemas de coluna graves e crônicos, Lesões por Esforço Repetitivo (LER) e tantas outras que tragam algum tipo de dificuldade ou incapacitação. Em muitos casos os familiares também têm direito à compra do veículo pela lei 8.989.