VW alemã cumpre metade dos recalls de Amarok

Picape foi primeiro modelo convocado em decorrência do dieselgate

Por REDAÇÃO AB
  • 19/02/2016 - 13:45
  • | Atualizado há 2 months
  • 50 segundos de leitura

    A Volkswagen afirma ter atendido 50% das Amarok vendidas na Alemanha e convocadas por utilizar o motor 2.0 diesel EA 189. Até quinta-feira, 18, cerca de 4,3 mil picapes já haviam passado pelo recall necessário para enquadrá-las nos limites legais de emissão de NOx. As medidas técnicas foram apresentadas em dezembro pelo Grupo VW após descobertas de fraude nas emissões desses motores (dieselgate).

    A Amarok foi o primeiro modelo convocado, no fim de janeiro. Conforme acordado com a KBA, a VW começou com os motores EA 189 2.0. Em março tem início o chamado aos Passat equipados com esse propulsor.

    No fim do segundo semestre as medidas se estenderão à versão 1.2. Completando o recall, as correções para os veículos com motores diesel EA 1.6 serão realizadas a partir do terceiro trimestre de 2016.

    As três versões do EA 189 (1.2, 1.6 e 2.0) passarão por atualização de software e os 1.6 receberão também um tubo orientador de fluxo montado na frente do sensor do ar de admissão (veja aqui), o que explica a maior demora para o início da convocação. O tempo estimado para a correção na oficina também é maior, 45 minutos. Nos 2.0 e 1.2 o período aproximado é de meia hora.