VW: vendas mundiais recuam 1,3%

Resultados negativos de Brasil e Rússia pesaram no primeiro trimestre de 2015

Por REDAÇÃO AB
  • 15/04/2015 - 14:40
  • | Atualizado há 2 months
  • um minuto de leitura

    A Volkswagen vendeu em todo o mundo 1,48 milhão de automóveis no primeiro trimestre, volume 1,3% menor que o registrado no mesmo período do ano passado. A montadora atribui o recuo ao mercado russo e à América do Sul, “sobretudo ao Brasil”, recorda o membro do conselho de vendas e marketing, Christian Klinger.

    De acordo com a VW, a América do Sul absorveu 128,6 mil unidades de janeiro a março e recuou 15,2% na comparação com os mesmos meses de 2014. No Brasil, o volume registrado foi de 98 mil veículos, resultando em queda de 18,1%. Como consequência, a VW de São Bernardo do Campo terá um recesso de dez dias em maio (veja aqui). A América do Norte anotou 136,4 mil veículos da montadora, 0,4% a mais que no mesmo trimestre do ano passado. Os Estados Unidos tiveram queda. O país comprou 79,2 mil Volkswagen no período, 9,3% a menos.

    A Europa mantém leve crescimento e absorveu 430,3 mil veículos, 1,9% a mais que nos mesmos três meses do ano passado. A Europa Ocidental (exceto Alemanha) adquiriu 237,5 mil unidades, alta de 5,5%. Com 144,1 mil unidades, a Alemanha teve alta mais expressiva, de 8,3%. Nas Regiões Central e Oriental do continente a montadora entregou 48,6 mil carros, volume 24,3% menor que o registrado nos três primeiros meses do ano passado. Observando a Rússia isoladamente, os 18,1 mil Volkswagen entregues resultaram em 47,2% de queda.

    Com 735,4 mil veículos, a Ásia-Pacífico registrou discreta queda de 0,6% ante o período janeiro-março de 2014. Os 678,4 mil Volkswagen entregues na China também resultaram em queda de 0,6%.