VWCO entra para o Programa Logística Verde Brasil

Em vez de três caminhões, um único cavalo com algumas modificações permitiu economia de 65% de diesel

Por REDAÇÃO AB
  • 26/06/2019 - 16:35
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura
    A Volkswagen Caminhões e Ônibus, VWCO, entrou para o Programa Logística Verde Brasil (PLVB), destinado a promover a sustentabilidade na indústria. O compromisso da empresa em aumentar a eficiência em sua operação será reconhecido na próxima edição do Guia de Excelência em Sustentabilidade da PLVB como referência no setor.

    O carro-chefe do trabalho foi a adoção de uma nova forma de transporte interno na fábrica de Resende (RJ) e na rota em que foi aplicada, que já proporcionou a redução de 67% nas emissões de CO2.

    Nomeado Drop & Hook, o projeto promoveu a substituição de três carretas por um cavalo mecânico Constellation 19.330, no qual o engate e desengate ocorre de forma automática e rápida. Isso permitiu o aumento na velocidade de entrega de materiais, com ganho de produtividade e redução no consumo e emissões.

    Segundo a VWCO, a busca pela melhoria contínua levou a empresa a modificar o processo de transferência de componentes do centro de distribuição à linha de produção final, com um trajeto de 1,6 km de extensão. Identificada como um dos desafios para aumentar a produtividade logística, a rota utilizava três caminhões durante cada turno de produção.

    O cavalo mecânico escolhido para a operação tem uma cabine modificada, com porta de acesso traseira e quinta roda automatizada, que permite a troca rápida da carreta. Segundo a montadora, o custo total desse transporte ficou 60% menor, registrando economia de mais de 65% somente com combustível.

    Por causa dos bons resultados, segundo a VWCO, a solução foi aplicada nas atividades de retorno de embalagens, que empregavam dois veículos. Na nova rota, o Drop & Hook baixou em cerca de 40% os custos de movimentação interna e a emissão de poluentes.

    “O objetivo agora é aprimorar os conhecimentos com os integrantes do PLVB e expandir projetos como este para toda a operação”, conclui o vice-presidente de produção e logística da VWCO, Adilson Dezoto.