Yamaha Factor 150 amplia linha urbana

Nova 150 Factor tem duas opções. Acima, a versão E, com partida elétrica e freio dianteiro a tambor

Por MÁRIO CURCIO, AB
  • 05/10/2015 - 15:00
  • | Atualizado há 2 months, 1 week
  • um minuto de leitura

    A Yamaha leva ao Salão Duas Rodas a Factor 150, uma moto um pouco mais simples que a Fazer com o mesmo motor de 150 cc e pequenos acertos para melhorar seu uso no trabalho. A moto chega em duas versões, E, por R$ 7.390, e ED, com freio dianteiro a disco, rodas de liga leve e tabela de R$ 7.990.

    “Esperamos vender cerca de 4 mil unidades por mês, estima o diretor comercial da Yamaha, Márcio Hegenberg. “Ela deve chegar à rede na metade de outubro.” A moto usa como base a Fazer 150, de onde vêm motor, quadro, banco, sistema de iluminação, suspensões e parte das peças plásticas de acabamento, mas tem tanque ligeiramente maior, com 15,7 litros, defletores laterais mais simples e sem pintura, relação final alongada e central do motor remapeada para favorecer a força em rotações médias. A potência declarada com etanol subiu de 12,2 para 12,4 cavalos e permanece em 12,2 cv com gasolina.

    O painel é digital e tem relógio, conta-giros, indicador de marcha engatada, hodômetros parcial e totalizador, mais indicador de autonomia restante. A versão 125 Factor permanece à venda até porque é a moto mais vendida da Yamaha, mas suas mudanças só serão mostradas no fim deste ano ou início de 2016. Tudo indica que trocará o carburador pela injeção de combustível. A fabricante também leva ao Anhembi a MT-09 Tracer, além das motos YZF R1 e R1M.


    Factor ED tem rodas de liga leve e freio dianteiro a disco. Painel tem conta-giros, relógio e autonomia restante como destaques. Tanque comporta 15,7 litros. Lanterna traseira e outras peças plásticas vêm da YS 150 Fazer.

    A Yamaha não revela números, mas investiu pesado em um laboratório que começou a funcionar em 2014 por causa das homologações necessárias à fase 2 do Promot 4, novo programa de controle de emissões que entra em vigor em 1º de janeiro de 2016. Esta segunda etapa reduz a poluição pelo motor e passa a controlar a evaporação de combustível a partir do tanque.

    Outros destaques da Yamaha no Anhembi são a MT-09 Tracer e as esportivas YZF-R1 e R1M (veja aqui).