ZF automatiza caminhão Iveco Stralis NT Eurotronic

Transmissão automatizada do caminhão é novidade no mercado.

Por Automotive Business
  • 28/05/2011 - 15:33
  • | Atualizado há 2 months
  • 3 minutos de leitura

    <style type="text/css"> .texto { font-family: Verdana, Geneva, sans-serif; font-size: 10px; color: #666; } .texto { text-align: left; } </style>

    NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
    EmailRSSTwitterWebTVRevistaMobileRede Social


    Redação AB

    O novo Stralis NT Eurotronic, lançamento mais recente da Iveco no País, é o primeiro veículo do gênero comercializado no mercado brasileiro equipado de fábrica com transmissão automatizada. O equipamento, a ZF AS-Tronic, de 16 marchas, oferece como opção o Intarder acoplado, item de segurança importante para controle da velocidade em declives.

    Wilson Bricio, presidente da ZF América do Sul, assinala que o fornecimento representa um marco histórico no Brasil e na região do Mercosul. “É uma parceria importante com a Iveco. Apesar de muito difundida na Europa, a transmissão automatizada ainda não equipava de fábrica caminhões nacionais. O Stralis NR Eurotronic incorporou tecnologias avançadas disponíveis no mercado mundial”, enfatiza Bricio.

    A transmissão AS-Tronic promete padrões mais elevados de segurança e conforto para o motorista, além de redução no custo operacional do veículo. O Modo Econômico, desenvolvido especialmente para o caminhão produzido no Brasil, proporciona mudanças de marcha no momento ideal, com economia de combustível e redução na emissão de poluentes.

    O desenvolvimento para a Iveco é fruto de uma parceria iniciada em 1997, com o relançamento da operação da montadora no Brasil. O projeto para aplicar a transmissão no Stralis NR Eurotronic envolveu trabalho conjunto das engenharias da montadora e da ZF, no Brasil e na Alemanha.

    O Grupo ZF é um dos líderes mundiais no fornecimento de sistemas de transmissão e tecnologia de chassis para o setor automotivo. Com 70 mil colaboradores e 117 operações em 26 países, a empresa registrou vendas de 12,9 bilhões de euros em 2010.

    Na América do Sul, a ZF possui unidades em Sorocaba, São Bernardo do Campo, Araraquara (SP), Belo Horizonte (MG) e San Francisco (Argentina). Com cerca de 5,4 mil colaboradores e vendas de R$ 1,94 bilhão, fabrica transmissões para veículos comerciais, sistemas de direção, sistemas de embreagens, amortecedores e componentes de chassis para veículos comerciais e de passeio, além de eixos e transmissões para máquinas agrícolas e reversores marítimos.

    Automáticas

    Em janeiro a ZF anunciou que será responsável por produzir as transmissões automáticas que equiparão 50 ônibus da Scania movidos a etanol. Os veículos integrarão a frota de transporte coletivo de São Paulo e rodarão na cidade a partir de maio deste ano.

    A iniciativa é fruto de um acordo entre a montadora, a prefeitura da cidade, a Unica (União da Indústria de Cana-de-açúcar) e a Cosan, firmado em novembro do ano passado. O objetivo é atender às metas de redução da emissão de poluentes nos transportes do município.

    Os ônibus utilizarão o chassi K 270 4x2 da Scania, com motor 9 litros que desenvolve 270 cavalos de potência. Os veículos serão abastecidos com uma mistura de etanol com 5% de aditivo promotor da ignição, que promete reduzir em até 90% as emissões de CO2.

    A ZF fornecerá transmissões Ecomat de quatro e cinco marchas para os modelos. Foto: transmissão ZF AS-Tronic, de 16 marchas, utilizada no Stralis