Automotive Business
  
News Mobility Now

Mobility Now

Ver mais notícias
No mundo, 2,6% dos carros vendidos são eletrificados

Tecnologia | 22/03/2021 | 9h36

No mundo, 2,6% dos carros vendidos são eletrificados

Frota global chega a 7,2 milhões de unidades, segundo anuário brasileiro

PAULO RICARDO BRAGA, AB



A presença dos carros elétricos está em expansão global. Em 2019, estes veículos responderam por 2,6% das vendas globais de automóveis. A informação foi organizada pela International Energy Agency (IEA) em 2020 e publicada no primeiro Anuário Brasileiro da Mobilidade Elétrica, lançado agora em março (veja aqui).

Com este acréscimo, a frota mundial de elétricos passou para 7,2 milhões de unidades, um aumento de 40% em relação ao ano anterior. Mesmo com o crescimento, com este volume os veículos com a tecnologia respondem por parcela mínima da frota global de quase 1 bilhão de carros de passageiro, conforme dados da Oica, a organização global que representa os fabricantes de veículos.

Em 2019, nove países alcançaram a marca de mais de 100 mil veículos em sua frota, bem como vinte países registraram pelo menos 1% de market share para os elétricos em 2019.

CHINA LIDERA A ADOÇÃO DA TECNOLOGIA



Segundo a IEA, o mercado de elétricos posiciona-se numa tríade: China, Europa e Estados Unidos. A China lidera este mercado, com mais de 1 milhão de veículos elétricos vendidos em 2019, contabilizando 3,4 milhões de unidades em seu estoque nacional (quase metade do volume global).

O mercado europeu vem em seguida, totalizando 1,7 milhão de veículos elétricos. Os europeus são seguidos de perto pelos Estados Unidos, com um estoque de 1,5 milhão de veículos. Ainda de acordo com a IEA (2020), os níveis mais altos de market share em relação ao estoque de veículos elétricos leves de passageiros são registrados nos seguintes países: a líder Noruega acumulou 13% em 2019; o segundo lugar é da Islândia com 4,4%; em terceiro a Holanda, com 2,7%; em quarto lugar a Suécia, com 2%; e em quinto a China, com 1,6% de market share.

De acordo ainda com a IEA, a micromobilidade elétrica, representada pelos veículos elétricos levíssimos como bicicletas e patinetes, tem seguido um caminho de crescimento desde 2017. Está presente em mais de 50 países e 600 cidades ao redor do mundo. A China alcança lugar de destaque neste mercado onde as vendas por ano estão na ordem das dezenas de milhões, tornando-o, de longe, o maior do mundo.

Em relação aos ônibus elétricos verificou-se um aumento de 75 mil unidades na frota de 2019 em relação a 2018, totalizando cerca de 513 mil veículos. Destes novos ônibus registrados em 2019, 95% pertencem à China. Os veículos comerciais pesados alcançaram o número de mais de 24 mil unidades no estoque mundial de elétricos, especialmente concentradas também na China.



Tags: anuário Brasileiro da Mobilidade Elétrica, carro elétrico, mobilidade, frota veículo elétrico.

Veja também

Mobility Now