Automotive Business
  
News Mobility Now

Mobility Now

Ver mais notícias
Vigiar o motorista dentro do carro pode se tornar obrigatório nos EUA

Segurança | 26/04/2021 | 19h5

Vigiar o motorista dentro do carro pode se tornar obrigatório nos EUA

Objetivo é garantir que condutores prestem atenção na via para evitar acidentes com veículos autônomos

REDAÇÃO AB



Que tal ser vigiado enquanto dirige? Esta é a proposta de três senadores do Partido Democrata dos EUA, que propuseram um projeto de lei que obriga a instalação de sistemas de monitoramento de motoristas em carros autônomos. Esses sistemas serviriam para garantir que, mesmo usando recursos de direção autônoma, os motoristas fiquem alertas para evitar acidentes.

O avanço dos carros autônomos tem gerado preocupações em alguns setores do poder público americano devido a incertezas sobre sua segurança. A morte de Elaine Herzberg em 2018, vítima de um carro de testes da Uber, foi o primeiro caso com fatalidades, mas não o último. No dia 17 de abril, menos de duas semanas atrás, dois passageiros morreram quando o Tesla Model S em que estavam perdeu o controle e se chocou com uma árvore. Eles usavam a função “piloto automático”, que torna o carro semiautônomo.

Após o acidente, o site de notícias Consumer Reports resolveu testar se conseguia enganar o piloto automático do Tesla Model S para fazer ele achar que havia um motorista no assento quando não havia ninguém. O computador foi facilmente tapeado, o que deixou o veículo andando sozinho sem ninguém para controlá-lo em caso de possível risco.

A Tesla não se pronunciou sobre o projeto de lei e nem sobre os testes do Consumer Reports. O projeto agora será analisado por um comitê, seguindo o trâmite comum, e poderá ser votado em breve. Se for aprovado, passa para a Câmara dos Deputados americana.



Tags: segurança, carro autônomo, vigilância, motorista, monitoramento.

Mobility Now