Automotive Business
  
News Mobility Now

Mobility Now

Ver mais notícias
Baidu é a 1ª empresa a lançar serviço de transporte autônomo na China

Internacional | 05/05/2021 | 18h17

Baidu é a 1ª empresa a lançar serviço de transporte autônomo na China

Lançado no último domingo, a Apollo Go Robotaxi vai rodar em Pequim sem nenhum motorista ao volante

REDAÇÃO AB



A Baidu se torna a primeira empresa a oferecer serviço de transporte autônomo na China com o lançamento do Apollo Go Robotaxi no último domingo, 2. O sistema de táxi autônomo vai operar em Pequim, nos arredores do Parque Shougang, local dos Jogos Olímpicos de Inverno 2022.

Os robotáxis circulam totalmente sem motorista. Para garantir a segurança, a empresa vai utilizar o serviço de direção remota 5G, que possibilita que um operador assuma o controle do carro em caso de emergência.

Para utilizar o Apollo Go, o cliente deve solicitar o veículo pelo aplicativo da empresa. Quando o veículo chegar, os passageiros devem escanear o QR code para confirmar suas identidades e destravar as portas. O robotáxi iniciará a viagem após detectar que todos os passageiros colocaram o cinto de segurança. Além disso, a plataforma conta também com funções como navegação virtual e buzinas remotas, para facilitar a experiência do usuário.

Segundo a Baidu, o táxi autônomo deve ser expandido para outras cidades chinesas em breve. A empresa de tecnologia vem testando a direção totalmente autoguiada em vias públicas desde dezembro no país.

A Jidu Auto, empreendimento de veículos elétricos da Baidu com a montadora chinesa Geely, planeja gastar US $ 7,7 bilhões para fabricar carros inteligentes nos próximos cinco anos.

Além da China, a gigante de tecnologia também está de olho no mercado nos Estados Unidos. Neste ano, a Baidu recebeu autorização para testar veículos totalmente autônomos em estradas na Califórnia.

A unidade de direção autônoma Apollo foi criada em 2017 para desenvolver tecnologias automotivas inteligentes, como mapas de alta definição e carros autônomos.



Tags: Carros autônomos, China, Baidu, autônomos, inovação.

Veja também

Mobility Now