Automotive Business
  
News Mobility Now

Mobility Now

Ver mais notícias
Ford vende 20 mil unidades de sua nova picape elétrica em apenas 12 horas

Lançamentos | 21/05/2021 | 15h0

Ford vende 20 mil unidades de sua nova picape elétrica em apenas 12 horas

Presidente Joe Biden deu uma volta na F-150 Lightning e decretou: “esse maldito é rápido!”

REDAÇÃO AB



A nova picape elétrica da Ford, batizada de F-150 Lightning, abriu sua pré-venda nesta quarta-feira (19/5) nos EUA e vendeu mais de 20 mil unidades em apenas 12 horas. Os veículos só chegam ao mercado no primeiro semestre do ano que vem, mas muitos consumidores já quiseram garantir o seu.

Nos EUA, a F-150 com motor a combustão é a picape mais famosa do segmento, com os modelos da série aparecendo nas listas de mais vendidos há quatro décadas. Mas esse não foi o único motivo do sucesso de sua versão elétrica. O veículo está saindo por pouco menos de US$ 40 mil, abaixo da média para um carro do tipo. Além disso, a pré-venda só exige um depósito de US$ 100. O site de tecnologia The Verge até mesmo chamou a F-150 Lightning de “a picape elétrica para as massas”.

Também ajudou o fato de que o presidente americano Joe Biden testou o veículo no evento de lançamento e soltou a frase: “esse maldito é rápido!”:



A F-150 vem em duas versões: a mais básica tem autonomia de 370 km e 426 cavalos de potência, enquanto a de “alcance estendido” apresenta 482 km de autonomia e 563 cavalos de potência. Ambas possuem dois motores, um na frente e um atrás, e um porta-malas frontal de 400 litros. No painel, há uma estação de trabalho desdobrável para colocar um laptop ou uma refeição e os assentos ficam quase horizontais para alguém que precise dormir no veículo.

A versão estendida ainda traz um benefício extra: uma estação de carregamento para o domicílio que não apenas abastece o veículo em oito horas como também armazena energia e alimenta a casa no caso de um apagão da rede.

Apesar da empolgação, a F-150 terá um entrave grande na falta de uma rede de carregamento extensa nos EUA, especialmente em áreas rurais, onde as caminhonetes são mais usadas. Mas esse cenário também deve mudar: em abril, Biden prometeu um investimento de US$ 15 bilhões para a construção de postos de recarga, com a intenção de atingir 500 mil estações até 2030.



Tags: Ford, F-150, caminhonete elétrica, veículo elétrico.

Veja também

Mobility Now